quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Global revela estratégias para o sucesso a radialistas e blogueiros de Pe nesta quarta.




Fotos: Dani Nurse

O jornalista Geneton Moraes Neto, da Rede Globo, atualmente na Globo News, trouxe aos jornalistas blogueiros e radialistas, nesta quarta-feira (30), dicas e estratégias que um bom jornalista deve ter para se sobressair na carreira, conseguir boas entrevistas e seduzir leitores, telespectadores e ouvintes através de suas próprias experiências. A palestra aconteceu na Assembléia Legislativa no evento denominado Alepe Digital  II Encontro de Radialistas e Blogueiros de Pernambuco e foi restrito apenas a convidados.

Geneton que deu seus primeiros passos no jornalismo com apenas 16 anos e revelou que uma de suas características mais marcantes é a ousadia e autenticidade, é autor dos livros Segredos dos Presidentes e Dossiê Drummond e também traz em suas bagagem entrevistas históricas e polêmicas realizadas inclusive para o Fantástico, nomes como: Collor, Ney Latorraca, Roberto Carlos, Pelé, Chico Buarque, Caetano Veloso, Paulo Maluf, Oscar Niemayer e muitos outros nomes incluindo internacionais. Na ocasião os radialistas puderam acompanhar trechos de algumas dessas entrevistas.

Prestigiaram o evento, os deputados Sílvio Costa Filho e Antônio Moraes que diga-se de passagem tem parentesco com o jornalista que apesar de fixar residência no Rio de Janeiro é Pernambucano da Zona da Mata Norte.

Ao final, a sensação de cada profissional da comunicação que ali esteve, foi de excelente aproveitamento e de ter adquirido mais bagagem e fortalecimento. Um convite certeiro feito pelos organizadores da Alepe Digital e com aproveitamento excelente.

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Bancada de Oposição vota unida contra alta dos Impostos

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) marcou seu posicionamento conjunto durante a votação do pacote fiscal do Governo do Estado, enviado ao Poder Legislativo na semana passada. Desde o início, os parlamentares se colocaram favoráveis ao debate, reconhecendo o momento de dificuldades financeiras enfrentado pelo Estado, mas se opondo ao aumento de impostos sobre a gasolina e a telefonia, por aumentar a inflação, e sugerindo maior escalonamento para a cobrança do IPVA.
Ao final das discussões, o projeto do Governo do Estado foi aprovado em primeira discussão na sessão desta segunda-feira (28). No entanto, as emendas apresentadas pela Oposição receberam apoio até de deputados da base do Governo. “Cumprimos nosso papel de apresentar o contraditório e promover o debate na Casa. Infelizmente, esse pacote, que deveria estar sendo discutido há pelo menos dois meses já foi a votações hoje, apenas dois dias úteis após chegar à Casa”, destacou o líder da Bancada, Silvio Costa Filho.
A deputada Teresa Leitão (PT), vice-líder da Oposição, destacou o esforço da Bancada para apreciar os projetos enviados pelo executivo. “Recebemos o pacote com um prazo mínimo para discussão, mas empreendemos um grande esforço para apreciar as medidas e dar nossa contribuição”, reforçou.
O deputado Edilson Silva (Psol), cobrou que o Governo deixe clara a destinação dos recursos. “Espero que essa receita extra aqui discutida siga para custear as cirurgias eletivas que estão sendo canceladas e para as escolas em tempo integral que estão reduzindo o expediente por falta de alimentação para os alunos”, disse.
Para os parlamentares, o Governo ainda precisa deixar claro para a sociedade pernambucana aonde foram, efetivamente, cortados os gastos do Governo, que somaram R$ 290 milhões em nove meses, de um total prometido de R$ 920 milhões, e de onde vai tirar os R$ 630 milhões restantes em três meses.
Durante a tramitação das propostas, a Bancada apresentou ao secretário da Fazenda, Márcio Stefani, uma série de medidas para avaliação.  Entre as sugestões apresentadas pela Bancada estão o corte do número de secretarias para 22, redução de 30% nos cargos comissionados, diminuição em 70% das verbas para publicidade e a revisão dos gastos com consultoria.

Após a votação desta segunda-feira, a Bancada de Oposição reafirma o compromisso de continuar discutindo a situação financeira do Estado e cobrando que o Governo faça sua parte no ajuste fiscal, cortando gastos.   “É preciso que o Governo faça também a sua parte e diminua o tamanho do Estado, para que a conta não fique só para o bolso dos pernambucanos”, lembrou Costa Filho.
Pedro Ivo Bernardes

Biblioteca Geraldo Lapenda recebe prêmio de boas práticas e inovação do Ministério da Cultura


           
A Biblioteca Geraldo Lapenda recebeu hoje (28) um prêmio de dois mil livros e quinhentos DVD's, fruto do concurso  Boas Práticas e Inovação em Bibliotecas Públicas.

        A unidade de leitura concorreu no mês de março com 70 escolas e foi selecionada por suas ações realizadas de 2013 até agora. "Estamos muito felizes em poder concorrer com as Bibliotecas Públicas de todo País,  este material bibliográfico ampliará mais ainda o nosso acervo e criaremos nossa Videoteca”, declarou o professor Edy Slovik, gestor da biblioteca.

Elielson Lima

Centro Cultural Georges Stobbaerts realiza a I Semana Da Cultural do Japão

O Centro Cultural Georges Stobbaerts – CCGS, Dojo Recife, está comemorando 25 anos do ensino do Aikido em Pernambuco. Para homenagear esta caminhada, o Dojo Recife irá promover a I Semana da Cultura do Japão, organizada pelo CCGS nos dias 05 a 10 de outubro, será realizada nas dependências do Dojo Recife, com a participação de professores da UFPE, UFRPE, UFPB, CENTRO ZEN  do RECIFE e da ASSOCIAÇÃO CULTURAL JAPONESA  do RECIFE.
Além da data comemorativa, a Semana tem como objetivo divulgar e fortalecer os laços da rica cultura do Japão com a cidade do Recife e o nosso Estado.

Paulo Roberto Nunes
Diretor do Centro Cultural Georges Stobbaerts

O CCGS está situado na Rua Padre Anchieta, 571 - Madalena - Recife, Brasil. Fone: 81. 999610315

Clique para ampliar



Carpina recebe 12o edição da Semana do Peixe em outubro


            A cidade do Carpina receberá no próximo dia 06 de outubro, a 12o edição da Semana do Peixe, realizada pelo Ministério da Pesca e Aquicultura em parceria com a Prefeitura Municipal.

            O caminhão frigorífico ficará localizado no largo São Sebastião, durante todo o dia, com a venda de pescados ao preço abaixo do mercado a fim de sensibilizar a população ao consumo de pescados e seus benefícios e a elevação do consumo de qualidade por um valor acessível.

Armando: “PTB vai apresentar mais de 80 pré-candidatos a prefeito”

Crédito da foto: Alexandre Albuquerque /Divulgação

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, senador licenciado Armando Monteiro (PTB), participou na última sexta-feira (25) de um almoço com o pré-candidato a prefeito de Paulista, o ex-deputado Severino Ramos, e com os novos membros da comissão provisória do PTB no município. Na ocasião, Armando ouviu dos novos trabalhistas o compromisso com o fortalecimento do partido em Paulista.

O almoço teve a presença do vereador e presidente municipal do PTB no Recife, Antonio Luiz Neto, que empossou simbolicamente a comissão provisória. Luiz Neto também deu boas vindas a um grupo de novos filiados ao PTB no Recife, que poderão concorrer a um mandato de vereador na capital, nas eleições de 2016.

Armando Monteiro saudou os filiados de Paulista e Recife ressaltando o papel estratégico dos municípios para a vida política e econômica de Pernambuco. Ele adiantou que o PTB vai apostar em chapas competitivas para que o partido amplie ainda mais a sua presença na Região Metropolitana do Recife (RMR).

“O ingresso de novos quadros aumenta a responsabilidade do PTB. Nossa meta é ter mais de 80 pré-candidatos a prefeito, e Paulista, com a presença de Ramos, tem papel fundamental neste processo”, afirmou. Ao se dirigir aos quadros que podem concorrer a um mandato de vereador no Recife, Armando antecipou que a perspectiva é eleger de 4 a 5 representantes para a Câmara Municipal.


Edberto Quental transfere domicílio eleitoral para Goiana


O ex-prefeito de Condado, Edberto Quental transferiu seu domicílio eleitoral para a cidade de Goiana, também na Mata Norte, nesta sexta (25). Ainda sem partido Quental diz “esse é o primeiro passo de muitos outros que daremos em prol dos goianenses”, afirmou.

            Com essa transferência aumenta a especulação do nome de Quental para disputar a Prefeitura da cidade, “estou disposto para a luta, não costumo entrar numa guerra e abandonar no meio do caminho, o povo da região me conhece!”, falou. Ele encerrou o mandato em 2012 com 89%  de aprovação. “Se eu fiz muito em Condado é porque governei com e para o povo”, disparou.

            Diversas siglas já ofereceram abrigo a Quental, “irei escolher na hora certa. Agora é momento de ouvir o povo, discutir Goiana, visitar os amigos e prepara-se para o combate”, finalizou.

domingo, 27 de setembro de 2015

Botafogo deixa um recado ao sobrinho e provável rival neste domingo.

Resultado de imagem para Júnior Botafogo e Botafogo  Carpina XResultado de imagem para Júnior Botafogo e Botafogo  Carpina

Agora há pouco em sua página no facebook, o deputado Manuel Botafogo mandou um recado ao seu sobrinho e provável rival dando evidências enfim de um desentendimento inevitável embora negado pelos personagens desta novela desde o início. Tio e sobrinho, ambos parecem irredutíveis para lançarem seus nomes na disputa pela prefeitura de carpina em 2016, uma irritação entre família na busca pelo poder começa a se evidenciar mais claramente, eles tentaram esconder mas a situação começa a ficar insustentável. Confira nas palavras do deputado direcionadas ao sobrinho e tire suas conclusões:

"Em relação às suas palavras pronunciadas no seu facebook,onde você usa várias vezes o nome que eu poderia permanecer deputado e que você seria candidato a prefeito de Carpina, isso seria bom pra mim e para você, e que você está liderando nas pesquisas.
Das várias pesquisas que foram realizadas, tanto do palácio, quanto da qual Antonio Moraes fez e a própria que eu fiz, em nenhuma desta pesquisas você não está na frente de nenhuma.
Você só aparece na frente se eu não for o candidato!
E em relação a isso, sua mãe tem os números, onde ela esteve comigo semana passada ,e quero deixar bem claro que quem me procurou foi ela e não eu.
Porque eu mesmo, estou evitando este tipo de constrangimento.

Se for da vontade de DEUS e do povo de Carpina com toda certeza Irei disputar as ELEIÇÕES EM 2016.
O sol nasceu para todos e seca a roupa de todas as lavadeiras.
E em momento nenhum, eu nunca convidei para você ser vice meu , a sua mãe que veio me propôs para você sair como meu vice. Eu mandei ela conversar com você, e até hoje ela não me deu resposta é não procurei saber! E fique bem a vontade, se você for para a esquerda eu irei à direita, e se você for para a direita eu irei à esquerda, feito Abraão e ló.
A Bíblia diz: So anda dois juntos se tiverem unidos! Que Deus te abençoe, te guarde e te sabedoria!
Se eu hoje eu não estiver com vocês, amanhã estarei com Deus" - Manuel Botafogo.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Oposição entrega sugestões a Secretário da Fazenda e cobra balanço dos cortes

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco entregou, nesta quarta-feira (23), algumas propostas para o pacote de ajuste fiscal do Governo do Estado, durante reunião da Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação. As sugestões foram encaminhadas, oficialmente, ao secretário da Fazenda, Márcio Stefani, que detalhou as propostas de aumento de impostos encaminhadas ao Poder Legislativo. Entre as sugestões estão a redução do número de secretárias e órgãos com esse status de 27 para 22, diminuição dos cargos comissionados e redução dos gastos com publicidade.
Paralelamente, a Bancada cobrou ainda a apresentação de um balanço sobre os cortes orçamentários implantados até agora. “Esperávamos que o secretário fizesse isso hoje, mas as respostas foram vagas. O Estado anunciou um corte de R$ 920 milhões, sendo R$ 320 milhões em fevereiro e R$ 600 milhões há um mês, mas em nove meses a economia realizada foi de apenas R$ 290 milhões, como afirmou o próprio Márcio Stefani. Como em três meses e meio serão economizados R$ 630 milhões”, questionou o deputado Silvio Costa Filho (PTB), líder da Bancada de Oposição.
A deputada Teresa Leitão (PT), foi a primeira parlamentar a destacar a importância de as medidas terem um caráter provisório. Entendimento comum na Bancada  de Oposição. “Na apresentação, o senhor (Márcio Stefani) destaca que as medidas são anticrise. Portanto, de caráter provisório. Gostaríamos então que essas medidas também tivessem caráter temporário”, defendeu. A sugestão da Bancada é que o pacote tenha validade de 12 meses, podendo ser prorrogado após esse prazo, em nova apreciação na casa. O período considerado curto pelo secretário.
Ex-presidente da Alepe, o deputado Romário Dias (PTB) apresentou aos líderes da Oposição, do Governo e aos demais parlamentares presentes, a proposta de um novo encontro para discutir possíveis modificações nas propostas apresentadas pelo Governo e criticou o prazo apertado entre o envio da proposta para a Casa, no início desta semana, e a previsão de sanção: 1º de outubro. “É preciso que quem quiser contribuir tenha tempo para avaliar e sugerir emendas”, destacou.
O prazo apertado e a falta de transparência também foram questionados pelo deputado Edilson Silva. “Não podemos simplesmente assinar um cheque em branco para o Governo. É preciso ter clareza do que foi feito até agora e qual a aplicação desses recursos adicionais. Precisamos do compromisso político de que esse dinheiro não vai, por exemplo, para a Arena Pernambuco”, criticou.

A Bancada apresentou sugestões alternativas ao aumento dos impostos sobre telecomunicações e combustíveis, sugerindo que a Fazenda avaliasse os setores de bebidas alcoólicas, tabaco e armas de fogo. “Nossa intenção é que o pacote tenha o menor impacto possível no bolso dos pernambucanos e o Governo se comprometeu em avaliar algumas propostas, o que já é um avanço”, reforçou Costa Filho.

Movimento Unidos Pela Ordem reúne nomes da advocacia pública para discutir temas da área



Este será o segundo almoço temático realizado pelo grupo

Os advogados públicos de Pernambuco estarão reunidos no próximo dia 24 (quinta-feira), no segundo almoço temático realizado pelo Movimento Unidos Pela Ordem – a Advocacia Avança. O encontro acontecerá a partir das 12h30, no Restaurante Gusttos, bairro do Espinheiro, no Recife.

A ideia é discutir, de forma democrática, temas que usualmente permeiam o segmento, influenciando diretamente no dia a dia dos advogados e dos processos. “O movimento quer ouvir os anseios, as dúvidas e as reclamações dos advogados que atuam na esfera pública. Hoje, sabemos que muitos problemas travam o bom andamento da prestação de serviço”, diz Gustavo Ramiro, coordenador do movimento.

Entre os pontos a serem debatidos estão: a segurança sobre a percepção dos honorários sucumbenciais; a constitucionalização das procuradorias municipais; melhores condições de trabalho (físicas, tecnológicas e humanas) nos órgãos da advocacia pública federal, estadual e municipal;  a tramitação das PECs 443 e 82; e a defesa da melhoria do Plano de Cargos e Carreiras dos advogados públicos das autarquias e fundações públicas estaduais.

As discussões reforçam a luta pelo respeito às prerrogativas da classe no Estado e contribuirão  com a construção de uma plataforma de propostas feita pelo movimento em beneficio dos advogados. Outros pontos também estão sendo discutidos entre os integrantes do grupo como a baixa qualidade do ensino jurídico; a ausência de planejamento e de uma estrutura adequada no Poder Judiciário, além da proletarização da profissão; a manutenção do exame de Ordem; a qualificação profissional e o apoio ao advogado no exercício do seu mister - sobretudo em início de carreira.

Para fazer parte do grupo, basta curtir a página no facebook - https://www.facebook.com/movimentounidospelaordem?fref=ts e colaborar com sugestões, reclamações e dicas. A página será atualizada e servirá como um canal de comunicação para integrar os advogados, interagir com a classe e estreitar o relacionamento. Em menos de dez dias, o movimento conseguiu a adesão de mais de 2,5 mil curtidores, o que mostra a força e vontade da classe de discutir temas relacionados à área.

 Serviço:
O movimento "Unidos Pela Ordem - A Advocacia Avança" - 2ºencontro- Almoço temático com a Advocacia Pública.
Nesta quinta-feira, dia 24, a partir das 12h30 no Restaurante Gusttos, Rua da Hora, 855, Espinheiro (antigo Camarada), Recife. Sistema de comanda individual

Izabel Melo 

Ministro Armando discute acordo Mercosul - UE

Crédito da foto: Ministério das Relações Exteriores/Divulgação


Ministros do Comércio e chanceleres de Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina se encontraram para discutir o acordo de livre comércio

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, e o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, se reuniram nesta terça-feira (22), em Assunção, no Paraguai, com suas contrapartes de Paraguai, Uruguai e Argentina, para discutir a proposta que será apresentada à União Europeia (UE) até o final do ano. 

Em junho deste ano, durante reunião com a comissária Europeia para o Comércio, Cecilia Malmström, e representantes do Mercosul, em Bruxelas, as autoridades reafirmaram a importância de aprofundar e ampliar a relação entre os dois blocos. O comunicado conjunto divulgado ao final do encontro destacou importantes pontos sobre o estado das negociações para um Acordo de Associação abrangente e satisfatório e indicou o último trimestre do ano para o início da troca de ofertas.

Para o ministro Armando Monteiro, será possível cumprir o cronograma e iniciar a troca de ofertas no prazo acordado. “No Mercosul temos percebido que as posições estão bastante convergentes”, avalia. A troca de ofertas entre os dois blocos, segundo o ministro, é um sinal de amadurecimento comercial e vai permitir que de fato o acordo de livre comércio se concretize. “É sem dúvida um avanço nas relações comerciais entre os dois blocos”, disse.

Alta do dólar beneficia exportação de commodities brasileiras, destaca Côrte Real



A alta do dólar beneficia exportação de commodities brasileiras. Essa foi a reflexão do deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE), ao comentar a valorização da moeda norte-americana, que, pela primeira vez na história fechou acima de R$ 4, na terça-feira (22). O petebista afirmou que, se por um lado há prejuízos para os produtos nacionais elaborados com componentes vindos do exterior, por outro, há valorização das commodities brasileiras vendidas para outros países. Ontem, o dólar teve alta de 1,83%, vendido a R$ 4,0538, e no ano o acúmulo chega a 52,47%.

“A grande maioria das exportações brasileiras é de commodities, e elas estão baixas no mercado como um todo. Então, o dólar a R$ 4 melhora não só a condição de se colocar os nossos produtos no mercado exterior, como aumenta também a rentabilidade. Nesse ponto, a alta do dólar é positiva, assim como para nossos produtos manufaturados, que ganham competitividade no exterior”, avaliou Jorge Côrte Real.

Commodities são bens que não sofrem processos de alteração antes de serem vendidos, como frutas, legumes, cereais e alguns metais. O Brasil é um grande produtor de commodities, entre elas, soja, café, laranjas, petróleo, alumínio e minério de ferro.

IMPORTAÇÕES
O deputado Jorge Côrte Real também citou o lado positivo da alta do dólar em relação às importações. Segundo ele, a elevação do preço da moeda norte-americana acaba por barrar os produtos vindos do exterior que competem com os produtos nacionais similares no mercado interno. “Por outro lado, prejudica muito a compra de insumos que vêm de outros países para serem usados na indústria nacional. Isso porque os produtos brasileiros ficam mais caros e perdem a competitividade no mercado interno”, ponderou.

O petebista ainda ressaltou que, para aumentar a competitividade dos produtos nacionais, é necessário que o País invista mais na infraestrutura de exportação, com a melhoria de portos, aeroportos, e outros meios de transporte. “Isso iria potencializar mais a competitividade de nossos produtos em termos de preço”, concluiu o deputado Jorge Côrte Real.

José Accioly

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Cão foi recolhido enquanto fazia 'vigília' no local onde dono morreu no DF



Policiais usaram pão com carne para afastar animal e retirar corpo. 
De volta ao local, bicho foi levado por pessoa que se disse parente.





O cão que emocionou policiais militares por montar uma espécie de vigília ao lado do corpo do dono no Distrito Federal foi furtado, de acordo com a família do homem. A morte aconteceu na quadra

poliesportiva do Centro de Ensino Médio 2 de Ceilândia, enquanto eles passeavam na noite de sexta-feira (18). Foi preciso oferecer pão com carne para que o bicho para se afastasse um pouco e deixasse o Instituto Médico Legal retirar o corpo.


No dia seguinte, o cachorro permanecia no mesmo lugar. Uma pessoa que se disse parente da vítima o levou, e não há informações sobre o paradeiro do animal. O dono até então não havia sido identificado, porque estava sem documentos quando saiu para passear com o bicho.

Cunhado da vítima, o motorista Fábio de Sousa Sobrinho conta que o labrador tem 1 ano e 2 meses. “O Faísca na verdade é do meu filho. Mas, como nos mudamos há dois meses para um apartamento, meu cunhado ficou cuidando dele. É angustiante demais. O sofrimento é ainda maior. Além da perda do ente querido, tem a do animal, que a gente cria desde pequenininho, dentro de casa, e vê acontecer isso.”

Sobrinho afirma que, junto com o filho, percorreu as ruas próximas ao colégio, mas não achou nenhuma pista do cachorro. A família busca imagens de circuito de segurança para tentar achar o animal, para depois poder denunciar o caso à Polícia Civil.

Responsável por atender a ocorrência, o capitão Márcio Soares Bezerra lembra o cão não queria sair de perto do corpo do dono de forma alguma. “O cachorro ficou ao lado dele, um labrador preto. Esse cachorro não deixava ninguém chegar perto, como se protegesse ele. Deu um pouco de trabalho para a gente.”

Soares conta ainda que o bicho não se deixou ser capturado e que, como nenhum parente do dono apareceu, acabou ficando na rua. No dia seguinte, a equipe voltou ao local e encontrou o cachorro deitado onde antes estava o corpo do dono.
“A gente ficou preocupado com o cachorro e voltou. Mas era ir perto dele que ele rosnava”, afirma. "Todo mundo que aparecia ele levantava a cara, como se olhando se era o dono. Aí não era, ele deitava.”

O animal só deixou a quadra depois que uma pessoa, que se disse parente do dono, apareceu e o chamou. O capitão disse ter se sensibilizado com a postura do cachorro. "Comoveu muito. Eu tinha cachorro, e a gente sabe da fidelidade do cachorro. Ele foi muito fiel ao dono. Ficou lá protegendo ele. Para quem gosta de animal, foi comovente."

Vítima
De acordo com Sobrinho, as causas da morte do cunhado ainda estão sendo investigadas. O prazo pedido pelo Instituto Médico Legal é de 60 dias. O homem tinha 40 anos e foi enterrado neste domingo. “Ele não tinha problema de saúde. Nunca reclamou de uma dor de cabeça, praticava esporte, corria. Na certidão de óbito está para esclarecer”, afirma.

Fonte: G1

Nota da Bancada de Oposição sobre o pacote fiscal do Estado

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco reconhece o momento difícil e a necessidade de medidas de natureza fiscal e política, lembrando que o atual quadro econômico é fruto de um conjunto de fatores que acentuaram o desequilíbrio financeiro do Estado, que teve sua dívida consolidada elevada de R$ 4,4 bilhões para R$ 10,7 bilhões entre 2007 e 2014 (dados do Tesouro Nacional). Diante desse cenário, a Bancada de Oposição reforça seu compromisso com a solvência e a saúde financeira do Estado. No entanto, vale ressaltar que a transparência deve ser a base da relação entre os Poderes Executivo e Legislativo e, politicamente, a liberação da senha do E-Fisco para os parlamentares da Casa, por exemplo, seria uma sinalização de mudança dessa relação.

Em relação ao pacote fiscal do Governo, encaminhado ao Poder Legislativo, gostaríamos de destacar que:

1 – Em hipótese nenhuma, a Bancada de Oposição acatará propostas que venham a penalizar os menos favorecidos, como aumento de impostos sobre produtos e serviços que pesem no bolso da população mais carente, evitando que as medidas tenham impactos inflacionários relevantes, como elevação das alíquotas do ICMS sobre telecomunicações e combustíveis.

2 – Paralelamente à avaliação das medidas propostas pelo Executivo, é de extrema importância o debate transparente sobre o ajuste fiscal, com detalhamento dos cortes orçamentários implantados pelo Governo desde o início do ano e seu impacto nas secretarias, programas e ações do Estado.

3 – Além da ampliação das receitas, os parlamentares da Oposição cobram que sejam apresentadas medidas efetivas de enxugamento da máquina administrativa, reduzindo o número de secretarias e órgãos com esse status de 27 para 22, como fez o governo do Distrito Federal, também do PSB, que diminuiu de 24 para 16 o número de pastas. O enxugamento que propomos não deve prejudicar os serviços prestados à população.

4 – Corte de 30% dos cargos comissionados da Administração Direta e Indireta.

5 – Em relação ao projeto de Lei 461/2015, a Bancada propõe que sejam levados em consideração os princípios de progressividade e equilíbrio na cobrança do IPVA, levando em conta, além da potência do motor, o valor agregado dos veículos em questão.

6 – Redução em 70% dos gastos com publicidade das Administrações Direta e Indireta.

7 – Analisar e reduzir, de forma criteriosa, os gastos com consultorias.

8 – Destinar 30% da receita líquida do Detran para a saúde, em caráter impositivo.

9 – Considerar a elevação dos tributos sobre bebidas alcoólicas, tabaco e armas de fogo, como alternativas para o incremento das receitas.

10 – Por se tratar de um conjunto de medidas para enfrentar uma conjuntura econômica temporária, o alcance das medidas deve também ter caráter provisório, com validade para os próximos 12 meses, em 2016.

Por fim, os integrantes da Bancada de Oposição reforçam a necessidade de se respeitar os prazos legais para o debate. Ao longo da tramitação dos projetos na Casa, a Oposição atuará com responsabilidade, seriedade e, acima de tudo, compromisso com o povo de Pernambuco.


Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco

Prefeitura realiza palestras e eventos na Semana Nacional do Trânsito


A Prefeitura está promovendo uma programação especial em Carpina nesta Semana Nacional do Trânsito, uma série de palestras e eventos estão sendo realizados pela Secretaria de Segurança Pública em diversos órgãos municipais.

Com tema central SEJA VOCÊ A MUDANÇA, as palestras levam a reflexão de todos sobre a atenção nas ruas e o Estatuto em que fala do direito do idoso no sistema de transporte. A programação se estenderá até a próxima sexta-feira, dia 25 de setembro.

Na sexta, o palco do encerramento da Semana será no auditório da Prefeitura, com apresentação de peças teatrais, palestras e divulgação do resultado das ações.




Elielson Lima

Comissão aprova projeto de Armando Monteiro aumentando punições para violência de torcidas organizadas

Brasília - A Comissão de Educação aprovou nesta terça-feira (22) projeto do senador licenciado Armando Monteiro, atualmente ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, aumentando as punições para as torcidas organizadas que promoverem tumultos e atos de vandalismo. O projeto segue agora ao exame da Comissão de Constituição e Justiça, em caráter terminativo – ou seja, se aprovado, vai direto à votação da Câmara dos Deputados.

O PLS 28/2014 muda dispositivos do Estatuto de Defesa do Torcedor (Lei 10.671, de 2003). Aumenta para até quatro anos a pena de reclusão de integrante de torcida organizada que promover conflito, rixa, agressões e atos de vandalismo e determina a dissolução judicial da torcida organizada que liderar tumultos e violências no raio de até cinco quilômetros do local do jogo.

O projeto estende a pena de reclusão ao presidente e diretor da torcida organizada e proíbe a transferência às torcidas organizadas de recursos financeiros e verbas públicas de empresas estatais e de economia mista.

“O projeto de lei tem o propósito de criar instrumentos necessários ao banimento dos arruaceiros dos estádios, a exemplo do que ocorreu em vários países da Europa”, assinala Armando Monteiro nas justificativas da proposta. O senador Douglas Cintra (PTB-PE), que assumiu o mandato de Monteiro e é membro titular da Comissão de Educação, disse, ao votar, ser preciso “proteger as famílias que as boas condições dos estádios estão levando em quantidade cada vez maior aos jogos”.         

Reunido com Dilma PCdoB discute saídas para retomada do crescimento



Nesta segunda-feira (21), o PCdoB reuniu-se com a presidenta Dilma Rousseff no Palácio da Alvorada para discutir a crise econômica, o quadro político e as medidas para garantir a governabilidade e a retomada do crescimento.

“Tivemos uma conversa franca, focada na discussão sobre a necessidade de repactuar a agenda para o país, com foco no crescimento e na necessidade do governo coesionar sua base no Congresso Nacional”, explicou a deputada Luciana Santos, presidenta do PCdoB.

Ela avaliou que, embora tenha um caráter exploratório, a reunião foi produtiva e que a presidenta demonstrou consciência acerca dos desafios que se impõem neste momento vivido pelo país e firmeza para enfrentá-los. Por sua vez o PCdoB renovou sua postura de empreender todos os esforços no sentido de contribuir para a constituição de uma frente ampla que ajude o país a superar esse período crítico.

“O momento exige muito diálogo, disposição para garantir os direitos conquistados e ousadia para empreender medidas que ajudem o país a retomar o desenvolvimento com inclusão social. Acredito que essa reunião contribuiu para esse objetivo”, disse Luciana. “O convite da presidenta demonstra valorização do papel do Partido e grande confiança na nossa direção”, completou.

Além da presidenta Luciana Santos e do ex-presidente Renato Rabelo, estiveram presentes no encontro o ministro de CT&I Aldo Rebelo, o prefeito de Olinda, Renildo Calheiros, o vice-presidente do PCdoB, Walter Sorrentino, a líder do PCdoB na Câmara, Jandira Feghali, o ex-presidente da ANP, Haroldo Lima, o presidente da CTB Adilson Araújo, a senadora Vanessa Grazziotin e o vice-líder do Governo, deputado Orlando Silva.

O grupo é o comitê permanente de acompanhamento da situação política do país, indicado pela Comissão Política Nacional do PCdoB, e é composto, ainda, pelo governador do Maranhão, Flávio Dino, que não pode comparecer a reunião em função de agenda no estado. 

Assessoria de Comunicação
Luciana Santos 

Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns 2015 divulga programação


Anna Laura Cantone

Lenice Gomes

Miguel Tanco

Rosinha Campos


Leo Cunha

Annabela


Escritores e ilustradores do Brasil e do mundo estarão reunidos de 15 a 18 de outubro, em Garanhuns, no Agreste pernambucano, para compartilhar, com crianças e adultos, suas experiências sobre o universo da literatura infantil. Além de palestras, oficinas e mesas-redondas, a 2ª edição do Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns (Filig 2015) traz novidades, como a participação de editores nos debates; intervenções literárias em espaços públicos da cidade e um projeto-piloto de requalificação de bibliotecas e salas de leituras.

Com o tema “Poesia, rima e prosa da fantasia”, o Filig é uma realização da Proa Cultural, em parceria com a Ferreira Costa, Prefeitura de Garanhuns e o Serviço Social do Comércio (Sesc) de Garanhuns. O lançamento da programação do Festival ocorreu na terça-feira (22), em Garanhuns, com a presença do prefeito Izaías Régis, da diretora da Proa Cultural, Camila Bandeira, da secretária municipal de Educação, Janecélia Marins. No mesmo horário do lançamento, foi promovida uma coletiva de imprensa com a presença do curador Luciano Pontes, na sede da Proa Cultural, no Bairro do Recife.

Entre os nomes internacionais, participam este ano os escritores e ilustradores Miguel Tanco (Espanha), Anabella López (Argentina) e Anna Laura Cantone (Itália). Os convidados brasileiros são Leo Cunha (Minas Gerais) e os pernambucanos Rosinha Campos, Lenice Gomes e André Neves, que atualmente mora em Porto Alegre-RS.

Para falar sobre os desafios do mercado de livros infantis, o Filig convidou ainda os editores Annete Baldi (Editora Projeto - RS), Renata Nakano (Edições de Janeiro – RJ) e Peter O’Sagae (Dobras da Leitura – SP).

De acordo com o curador do Filig, Luciano Pontes, a ideia de trazer os editores para o festival é possibilitar que o público conheça o papel deles na produção literária. “É um trabalho pouco conhecido, mas de extrema relevância. Convidamos os editores para falar sobre o trabalho como críticos literários”, explica.

A expectativa dos organizadores do Filig é superar o público do ano passado, quando mais de 6 mil pessoas participaram das atividades programadas para os quatro dias de evento.

O Filig tem uma programação voltada tanto para a criançada, como para os adultos. Nas atividades previstas, o público poderá participar de oficinas, sendo duas para crianças e duas para adultos, que serão realizadas no Sesc Garanhuns pela manhã e à tarde. A programação segue no Parque Ruben van der Linden, mais conhecido como Pau Pombo, no turno da tarde. O espaço, que fica na área central de Garanhuns e tem infraestrutura de lazer, receberá espaços de leitura, bate-papos, lançamentos, feira de livros e apresentações culturais. Já a programação de palestras para o público adulto será realizada à noite, no auditório do Sesc de Garanhuns. Todas as atividades são abertas ao público.

Intervenções literárias – Além das atividades no período de 15 a 18 de outubro, os organizadores do Filig realizam de setembro de 2015 a janeiro de 2016 intervenções literárias com grupos artísticos de Garanhuns. As intervenções são mensais e acontecem em locais públicos, como o Espaço Luiz Jardim.

Projeto-piloto - Muito mais do que um festival que movimenta Garanhuns, o Filig realiza ações ao longo do ano com a proposta de incentivar a formação de leitores. “Acreditamos que a leitura é transformadora. Para qualquer pessoa e em qualquer idade. Mas também achamos que é ainda mais importante quando, desde pequenininhos, somos apresentados ao universo literário”, afirma Camila Bandeira, da Proa Cultural.

Neste ano, o Filig iniciou um projeto-piloto desenvolvido em setes salas de leituras e três bibliotecas de Garanhuns, que passarão a contar com catalogação do acervo a partir de um sistema de cores. Todos os profissionais que atuam nestes espaços estão sendo capacitados nas oficinas de formação continuada promovidas pelo festival.

Formação continuada - Iniciadas em agosto e com término previsto para o fim do ano, as oficinas de formação continuada do Filig contam com 50 participantes, entre profissionais da Secretaria de Educação Municipal, do Sesc e de bibliotecas de Garanhuns. O objetivo do curso, dividido em quatro encontros e com carga horária total de 32h/aula, é formar multiplicadores de leitura para atuação direta em literatura infantil na cidade. A capacitação é ministrada pela coordenadora pedagógica do Filig 2015, Érica Verçosa, e pela bibliotecária Cida Fernandez, integrante do Centro de Cultura Luiz Freire (CCLF), que desenvolveu o Sistema de Classificação por Cores.
  
Kits de leitura - Outra ação importante do festival é a doação de mais 60 kits de leitura para bibliotecas e escolas da rede municipal de ensino, assim como na edição do ano passado quando também foram doados cerca de 60 kits. A seleção dos livros é feita pela curadoria e coordenação pedagógica do Filig.

Ferreira Costa - Com 130 anos de fundação, a Ferreira Costa -principal patrocinadora do Filig - vem se envolvendo em diversas ações voltadas para a valorização das expressões culturais. São vários projetos apoiados pela Ferreira Costa, sobretudo os que visam o incentivo à leitura e à literatura. Uma dessas iniciativas é o Projeto Sala de Leitura. Realizado desde 2005, tem como objetivo democratizar o acesso ao livro e incentivar o hábito de leitura entre alunos da rede municipal de ensino.

O acervo das salas engloba 1.000 títulos não­ didáticos, incluindo infantis, infanto­-juvenis, obras de ficção, psicologia, sociologia, literatura brasileira e estrangeira. As obras são doadas para escolas públicas e, inclusive, é feita uma capacitação para que a própria entidade possa administrar o espaço de leitura. Já foram implantadas 84 salas de leitura, distribuídas pelas cidades de Garanhuns, Lajedo, Bom Conselho, e nas capitais Recife e Salvador.

A empresa também participou de duas edições da Bienal do Livro de Garanhuns, em 2012 e 2014, promovendo ações de contação de história e de doação de livros.

Ao promover o Filig, a Ferreira Costa busca desenvolver uma série de ações artístico-educativas, com foco em Literatura Infantil, envolvendo escolas públicas, bibliotecas, salas de leitura das escolas, a Academia de Letras de Garanhuns, profissionais liberais, entre outros atores da comunidade literária.


Autores presentes no FILIG:

Anabella López (Argentina)- Ilustradora argentina, formada em design gráfico pela Universidade de Buenos Aires, onde também foi professora por vários anos. Desde 2009 trabalha exclusivamente como ilustradora e escritora de livros. Tem livros publicados na Argentina, Brasil, México, Estados Unidos, Canadá, França e nos Emirados Árabes. Em 2011 foi selecionada para participar da Mostra Internacional de Ilustração em Sàrmede (Itália), sendo escolhida para integrar seu importante catálogo internacional. Em 2014, foi selecionada para participar da Mostra Internacional de Ilustração de Sharjah nos Emirados Árabes e também para formar parte do catálogo de ilustradores da mostra. Atualmente mora em Porto de Galinhas dividindo seu tempo entre os livros encomendados por editoras e seus próprios projetos autorais, que unem texto e imagens. 

Miguel Tanco (Espanha) - Nasceu na cidade de Badajoz, na Espanha. Miguel Tanco se aproximou da literatura na infância e tornou-se um devorador de imagens, histórias e livros. Em 1999, ele deixou Sevilha para estudar na Escola de Artes Visuais em Nova Iorque (EUA) e fez cursos na Itália. Seu estilo é caracterizado pela expressividade de seus personagens, composições limpas e intenso cromatismo. A essência de seu trabalho é a infância. Suas ilustrações abordam a relação da criança com o mundo dos adultos e os paradoxos que existem entre eles. Atualmente trabalha como ilustrador em Milão (Itália) e já teve trabalhos publicados por editoras de vários países. Ensina ilustração na Espanha e na Itália e ministra oficinas para crianças e adolescentes. Participou de exposições na Itália e na Alemanha. Também recebeu menção especial da Revista de Ilustração Contemporânea (Estados Unidos) e da Sociedade de Ilustradores de Los Angeles; e já teve trabalhos reconhecidos por revistas de ilustração como Andersen (Italia) o DPI (Taiwan).

Anna Laura Cantone (Itália) - Anna Laura Cantone nasceu em Alexandria em 1977. Graduou-se em ilustrações para crianças no instituto Europeu de Desenho de Milão. Começou a carreira trabalhando em revistas para crianças, mas hoje em dia passa a maior parte do tempo escrevendo e ilustrando livros para diversas editoras ao redor do mundo. Tem muitas publicações premiadas. A obra “O mundo da Infância” (2003) recebeu o Prêmio Andersen de Melhor Livro para Crianças. Seus trabalhos já foram selecionados pela Feira de Livros de Bolonha; Bienal de Ilustração de Bratislava; pela Feira Nacional do livro de Taipei.

André Neves - Considerado um dos mais renomados ilustradores de literatura infantil e juvenil da atualidade. Há quase dez anos atua como ilustrador, lançou mais de 50 obras; foi indicado ao Prêmio Jabuti e recebeu o Prêmio Luís Jardim na categoria Melhor Livro de Imagem com Seca. Nasceu no Recife e mora em Porto Alegre. Formado em relações públicas, começou a estudar Artes Plásticas em 1995. Desde então, atua como escritor e ilustrador de suas obras e de outros autores, somando mais de 100 publicações. É arte-educador e promove palestras e oficinas sobre Literatura Infantil e Juvenil. Sua obra mais recente é o Livro Malvina de 2013. Um ano antes, em 2012, o autor publicou Tom, um trabalho que rendeu tantas imagens, que gerou uma exposição. A história do menino Tom é contada por seu irmão, que sempre o observa intrigado: "Por que Tom não brinca? Por que Tom não diz o que sente? (...) Onde Tom guarda todos os seus sonhos?". Até que um dia, Tom chama seu irmão para que conheça o seu segredo e assim possam, de verdade, se aproximar.”

Lenice Gomes (PE) - Pernambucana de Jupi, no Agreste do Estado e moradora de Olinda, Lenice é autora de mais de trinta livros de Literatura infantil. Em 2003 foi finalista do Prêmio Jabuti com o livro “Brincando Adivinhas”, das Edições Paulinas. Vários de seus livros receberam o Selo “Altamente Recomendável” e também foram incluídos no Acervo Básico da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ). A escritora participa anualmente da Feira do Livro Infantil de Bolonha. Ministra cursos sobre literatura infantil para professores, pais e bibliotecários no Brasil e no exterior. Em 2015 foi homenageada no Encontro Internacional de Contadores de História, na cidade de Havana, em Cuba, pela sua trajetória de trabalho com a oralidade.

Leo Cunha (MG) - jornalista, professor, escritor e tradutor. Já publicou cerca de 50 livros para crianças e jovens, nos mais diversos gêneros: poesia, conto, novela, crônica, teatro. As maiores marcas de sua obra são o lirismo, as brincadeiras com a linguagem e o humor.  A paixão pela comédia fez esse mineiro desenvolver uma tese de mestrado em cinema, na Universidade Federal de Minas Gerais, sobre os heróis cômicos. Sua obra recebeu os principais prêmios da literatura infanto juvenil brasileira, como o Jabuti, Nestlé, João-de-Barro, FNLIJ e Biblioteca Nacional.

Rosinha Campos (PE) - Nascida no Recife e moradora de Olinda, Rosinha deixou a arquitetura depois de se apaixonar pela literatura infantil e juvenil e passou a se dedicar à ilustração. Em 1994 lançou seu primeiro livro. Desde então frequenta as bienais e feiras do livro, o Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens e a Children’s book fair Bologna. Pós-graduada em Literatura Infantil e Juvenil e com formação artística com o artista plástico japonês Sunish Yamada, passou a ilustrar, desde 2003, para as editoras de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Em 2007 começou a escrever e atualmente divide seu tempo entre texto e ilustração. Recebeu vários prêmios da FNLIJ e o prêmio Jabuti, pela coleção “Palavra Rimada com Imagem”, publicada pela Editora Projeto. Tem mais de 90 livros publicados.


Mais informações estão disponíveis no site www.filigfestival.com.br, ou pelo Facebook (@filigfestival), Twitter (@filigfestival), e Instagram (@filigfestival).

G&M Comunicação

Fimmepe é porta de entrada para mercado da região Norte/Nordeste






Feira da indústria, que este ano acontece junto com a Forind e Movimat, é oportunidade para empresas mostrarem seus produtos e conhecerem melhor o mercado da região

Com mercado em expansão e crescimento acima da média do Brasil e de outras regiões, a região Norte/Nordeste é um celeiro de oportunidades para empresas de diversos setores. Porta de entrada para esse cenário promissor, a Fimmepe Mecânica Nordeste – Feira da Indústria Mecânica, Metalúrgica e de Material Elétrico de Pernambuco chega a sua 21ª edição e acontece de 20 a 23 de outubro, no Centro de Convenções de Pernambuco. Este ano, o tema do evento, realizado pelo Sindicato das Indústrias Mecânicas, Metalúrgicas e de Material Elétrico de Pernambuco (Simmepe), com organização da Reed Exhibitions Alcantara Machado, é “Eficiência energética e reutilização de água”.

“A região Norte/Nordeste é percebida como um mercado em franca expansão, se comparada aos mercados das regiões Sul e Sudeste. A representatividade da região tende a aumentar em todos os mercados nos quais a Arpi atua, justificando os investimentos que a empresa planeja realizar em marketing e vendas nos próximos anos, diz Rochiele Gallio, da Arpi. Ela acrescenta que a perspectiva de participação na Forind é de conhecer melhor o mercado, quais são as dinâmicas e processos que regem a indústria nordestina e identificar tendências e novas oportunidades de negócios.

“Estamos acompanhando de perto e participando deste crescimento na região. Os investimentos que já aconteceram e os que ainda estão por vir fazem com que ações de venda, treinamentos/capacitação do pessoal local, bem como atendimento mais próximo aos usuários se tornem indispensáveis para ampliar a presença e a marca de uma empresa mundialmente conhecida, também no território Nordestino”, destaca Bruno Lupetti, da Pepperl+Fuchs. Para ele, a Fimmepe/Forind/Movimat é uma oportunidade ímpar de divulgar o portfólio, aumentar o networking e aproximar os clientes/parceiros do que há de mais atual em tecnologia, automação e soluções para aplicações diversas.

Exemplo do crescimento econômico do Nordeste, há oito anos Pernambuco cresce mais do que o Brasil, de acordo com a AD Diper (Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco). “A conjuntura econômica é desafiadora. Mas nós que fazemos a AD Diper apostamos nos diferenciais competitivos do nosso Estado e trabalhamos para captar empreendimentos que integrem as cadeias produtivas já existentes. É o caso dos setores de alimentos, bebidas, petróleo, gás e metalmecânica. Estamos confiantes que Pernambuco, como sempre, sairá na frente, após ter investido em um desenvolvimento sustentável forte, baseado em pilares econômicos confiáveis”, pontua Jenner Guimarães, diretor presidente da AD Diper.
Esta edição da Fimmepe Mecânica Nordeste acontece junto com a Forind Nordeste – Feira de Fornecedores Industriais, e com a Movimat Nordeste – Feira Internacional de Intralogística. A expectativa é que cerca de 150 expositores participem das três feiras, que acontecem numa área de 13 mil metros quadrados e devem receber mais de 11 mil visitantes. Os setores que estarão presentes são: energias renováveis, máquinas e equipamentos, elétrica e eletrônica, segurança e EPI, e transporte e logística.
Além da exposição de produtos, a Fimmepe Mecânica Nordeste, a Forind e a Movimat trazem diversas atividades de capacitação e atualização no mercado industrial. Entre elas estão a "Ilha do Conhecimento"- palestras técnicas realizadas por expositores sobre produtos, serviços e melhores práticas -, e a "Ilha da Inovação". Os eventos podem ser acompanhados gratuitamente pelos visitantes.
Outros eventos simultâneos da feira são: Encontro dos Polos Econômicos de Pernambuco (Organizado pela Rede Suape), Seminário Nordestino de Logística (organizado pela Anelog), e o Seminário Loc Show Nordeste, organizado pelo Sindicato dos Locadores de Equipamentos, Máquinas e Ferramentas de Pernambuco (Sindileq). Mais informações podem ser obtidas nos sites: www.mecanicanordeste.com.br e www.forindne.com.br.


Serviço –

Fimmepe Mecânica Nordeste – Feira da Indústria Mecânica, Metalúrgica e de Material Elétrico de Pernambuco, Forind Nordeste – Feira de Fornecedores Industriais, e Movimat Nordeste – Feira Internacional de Intralogística.

Data: 20 a 23 de outubro de 2015
Horário: das 16h às 22h
Local: Centro de Convenções de Pernambuco | Olinda | PE
Realização: Simmepe
Organização: Reed Exhibitions Alcantara Machado

Pedro Romero

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente realizará eleição do Conselho Municipal de Meio Ambiente nesta quarta

 Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SAMA) realizará amanhã (23/09), a eleição do Conselho Municipal de Meio Ambiente às 9h no auditório da Câmara de Vereadores do Carpina.

            A criação do Conselho Municipal foi autorizada em 08 de Outubro de 2009, de acordo com a Lei Municipal nº 1.417/2009 e contará com 16 representantes.

Atleta carpinense é destaque em Sul-americano Open de Artes Marciais



O atleta de artes marciais Silvan Luiz da Silva França, 38, levantou a bandeira de Carpina no Campeonato Sul-americano Open de Artes Marciais, realizado na cidade de Santa Isabel – SP, nos últimos dias 22 e 23 de agosto.

 Silvan, que pratica artes marciais a vinte anos, conquistou quatro medalhas de ouro e uma de prata, sendo dois ouros no Muay-thai, um ouro no karatê (kata), um ouro Jiu Jitsu (categoria Sênior) e uma prata no absolute. Ainda em São Paulo, no dia 28 de agosto recebeu uma homenagem à mestres de artes marciais na Assembléia Legislativa de São Paulo.

De acordo com Silvan Luiz “a meta agora é conseguir ir para o campeonato Internacional de artes Marciais, agora dia 15 de novembro na Argentina em busca do título internacional do cinturão de Muay-thay e com objetivo do campeonato mundial ano que vem. Aproveito para agradecer a Prefeitura do Carpina pelo incentivo e pela parceria”, afirmou.

Elielson Lima

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Prefeito Carlinhos do Moinho reduz próprio salário, da vice e secretariado



O prefeito da cidade do Carpina, Carlinhos do Moinho, assinou nesta sexta (18), um decreto que reduz em 30% o próprio salário e da vice-prefeita. E em 20% dos secretários municipais, dos cargos comissionados e contratados. A decisão entrou em vigor a partir de hoje seguindo até 31 de dezembro. Segundo o gestor, a crise financeira atual pela qual passa o país, somada com a redução da receita da cidade, exigiu que uma medida emergencial fosse adotada.

De acordo com Carlinhos, o decreto estabelece uma redução significativa. “Vamos enxugar para poder colocar tudo em dia. E, apesar de não está no decreto, vamos conter despesas com combustível, diárias, entre outros gastos de nossa gestão que podem ser revistos”, explicou.

Como justificativa para a decisão, o prefeito disse que a crise e a redução dos repasses federais, foram os principais motivos. “A conta não fecha! É como pai de família que recebe o salário e tem que gastar o dobro. Nós estamos enfretando diversas crises. O país passa por uma gingantesca e consequentemente os repasses federais cairam bruscamente, este mês em relação ao mês passado teve uma queda de 40%. Estamos em estado de emergência, a reforma do Pacto Federativo tem que acontecer urgente!”, destaca.

Com as mudanças, o salário do prefeito que era de R$ 15 mil passa para R$ 10,500 mil (bruto). O da vice-prefeita era de R$ 7.500, passa para R$ 5.250 (sem os descontos). A decisão, ainda não foi repassada para os servidores de forma geral, mas já está no mural de avisos da Prefeitura. “Infelizmente não deu tempo para convocar nenhuma reunião. Foi uma decisão emergencial. Mas sei que o meu secretariado, vai aceitar isso de bom grado porque conhecem a situação de nossa cidade. Assim como também acreditamos que os demais cargos comissionados e contratados também vão entender”, espera o prefeito.

--
Elielson Lima