quinta-feira, 30 de março de 2017

DOMINGO NA ARENA COM ATRAÇÕES VOLTADAS PARA A MULHER PERNAMBUCANA






EM PARCERIA COM A SECRETARIA DA MULHER, EVENTO TRAZ ATRAÇÕES COM FOCO NAS MULHERES

São Lourenço da Mata, 29 de março de 2017 – O Domingo na Arena do próximo dia 02/04 terá uma homenageada mais do que especial: a mulher pernambucana.  Em parceria com a Secretaria da Mulher, que completa 10 anos de fundação, a Arena de Pernambuco terá atrações e eventos voltados completamente para a mulher de Pernambuco. Ações diversificadas, muita música e o melhor: de graça para a população.

Durante o evento, que vai de 9h às 17h, o público pernambucano terá a oportunidade de acompanhar uma apresentação de hip hop composta exclusivamente por mulheres. E a música não para por aí. O Domingo na Arena terá a presença da rainha do carnaval pernambucano, Nena Queiroga, que fará uma apresentação conjunta com a Orquestra 100% Mulher. Nena Queiroga Começou a cantar desde muito nova, aos 12 anos passou a ser a voz infantil mais requisitada para os jingles da cidade e, mesmo com a pouca idade, começou a cantar no grupo Quarto Crescente, liderado por seu irmão mais velho, o cantor e compositor Lula Queiroga.

A ligação com o carnaval se deu também por acompanhar sua mãe, cantora de orquestra e intérprete de vários sucessos de carnaval, nos ensaios e gravações de frevos. Aos 16 anos já cantava em Orquestras, animando os bailes de carnaval nos clubes da cidade, cantou a primeira vez com o Maestro Duda e foi crooner da Orquestra do Maestro Guedes Peixoto. A Orquestra 100% Mulher foi criada em agosto de 2003, com objetivo de preservar, divulgar e fortalecer os ritmos pernambucanos. A Orquestra de Baile é formada por 10 musicistas, e a de Frevo por 17 musicistas, entre metais, percussão e duas cantoras. Além de músicas carnavalescas e Forró, a Orquestra 100% Mulher também toca estilos como boleros, mambos, cúmbias, samba, anos 60 e 70, músicas da atualidade, entre outros.

A junção música e mulher pernambucana terá seu ápice no período da tarde: um grande encontro com mais de 50 artistas do estado, como Nena Queiroga, Michele Melo, Irah Caldeira, Karina Spinelli, Cristina Amaral entre outras, em uma grande celebração à mulher e à cultura pernambucana.

No domingo ainda teremos feira de produtos orgânicos, oficina de artesanato, além dos polos infantil, esportivo, sustentável e gastronômico. O público também poderá curtir o tour e o bike tour, em passeios exclusivos pelas dependências da Arena de Pernambuco, ao custo de R$2 (a pé) ou R$5 (de bicicleta). Nesta edição, contudo, as mulheres não pagarão para realizarem o tour: o passeio será gratuito para elas.

As demais atrações, nunca é demais lembrar, são completamente gratuitas. O estacionamento da Arena de Pernambuco, durante os Domingos na Arena, custa R$5.

PROGRAMAÇÃO:
Hip Hop feminino - 11h-12h
Zumba - 12h-13h
Nena Queiroga + Orquestra 100% Mulher - 13h-15h
Grande Encontro de Cantoras - 15h-17h

Maurício Penedo 

Secretaria de Turismo de Pernambuco realizou Encontro Municipal de Turismo


Crédito das fotos: Hesíodo Góes/Seturel-PE

Recife, 30 de março de 2017 – O Centro de Convenções de Pernambuco recebeu o Encontro Municipal de Turismo, promovido pela Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco. O evento, realizado na última quarta-feira (29), marcou o início da agenda anual do Governo de Pernambuco, através do secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, com os prefeitos e secretários de turismo dos municípios pernambucanos. O encontro foi direcionado para os gestores e contou com a presença de 30 prefeitos  e representantes de 90 municípios estaduais.
O Encontro Municipal de Turismo foi realizado no auditório do Brum e contou com uma programação extensa, das 8h às 16h. Na pauta, temas como estrutura funcional da Seturel, do Prodetur, da Empetur, da Política de Fomento ao Turismo, além de detalhes sobre a promoção do destino Pernambuco, da Comunicação aplicada ao Turismo e da Gestão Municipal ao Turismo.  “O diferencial desse encontro foi a Bancada de Informações, no qual os prefeitos e secretários tiveram a oportunidades de uma conversa pessoal com nossos atendentes para tirar dúvidas e pegar informações”, explicou o secretário Felipe Carreras.
Na oportunidade, estiveram presentes os prefeitos de Santa Cruz do Capibaribe, Edson de Souza, Pesqueira, Maria José Castro, Tamandaré, Sérgio Corte Real, Parnamirim, Tácio Pontes, Belém de São Francisco, Lecínio Roriz e Exú, Raimundo Sobrinho, Bom Jardim, João Francisco de Lira, Igarassu, Mário Ricardo, Toritama, Edilson Tavares, Buíque, Arquimedes Guedes, São Joaquim do Monte, João Tenório, São Bento do Una, Debóra Severo.
 Durante o evento, os gestores também tiveram a oportunidade de conhecer os projetos com foco no incremento do turismo do Estado, fomentados pelo Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur). “É importante que os prefeitos e secretários compreendam a atenção que o Governo de Pernambuco tem dado a todas as regiões do Estado, com foco na infraestrutura turística”, concluiu Carreras.

SECRETARIA DE TURISMO, ESPORTES E LAZER DE PERNAMBUCO 

Armando marca para dia 19 votação da MP da proteção ao emprego, que vai priorizar micro e pequenas empresas

Foto: Ana Luisa Souza/Divulgação

O senador Armando Monteiro (PTB-PE), relator da Medida Provisória que altera e prorroga até 31 de dezembro de 2018 o Programa de Proteção ao Emprego, agora chamado de Programa Seguro-Emprego (PSE), marcou para o próximo dia 19 de abril sua votação na Comissão Mista que examina a matéria, integrada por senadores e deputados. A MP, que permite a compensação de 50% da redução temporária dos salários, segue depois à votação, em separado, dos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado.

Para Monteiro, o programa tem ainda mais relevância na situação atual: “Vivemos um período de desemprego muito elevado, o que deve ser preocupação central do governo e do Congresso. Assim, é mais do que oportuna a prorrogação de um programa como esse, que visa dar alternativas para manutenção do emprego. Ressalto, ainda, que a MP prevê prioridade para micro e pequenas empresas, que são grandes empregadoras de mão-de-obra”. 

No próximo dia 12, acontece a audiência pública sobre a Medida Provisória,  quando deverão ser discutidas sugestões de mudanças ao PSE. Participarão da audiência representantes do Ministério do Trabalho, Sebrae, CNI (Confederação Nacional da Indústria), CNC (Confederação Nacional do Comércio, Serviços e Turismo), Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), CUT, Dieese (Departamento Intersindical de Estudos e Estatísticas Sócio Econômicas), UGT (União Geral dos Trabalhadores) e Força Sindical. 

Depois de ouvir todas as partes, conforme ficou decidido em reunião da Comissão Mista, Armando decidirá quais emendas irá acatar entre as 61 apresentadas por deputados e senadores à Medida Provisória
A MP 761, editada em 22 de dezembro de 2016, estabelece que as empresas que aderirem ao PSE poderão adotar uma redução na jornada de trabalho e nos salários de até 30%, que será coberta pelo governo em até 50%, com recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Se, por exemplo, um trabalhador que ganha R$ 1.000 mensais passar a receber R$ 700 por diminuição de jornada e de salário,  terá do governo R$ 150 por mês, passando a perceber, portanto, R$ 850,00, com perda menor de renda. Pelas novas regras da MP 761, terão prioridade as micro e pequenas empresas. O Ministério do Trabalho só aceitará a adesão da empresa que celebrar um acordo coletivo de trabalho com este fim.

Podem aderir ao programa empresas em situação comprovadamente de dificuldade econômico-financeira. A adesão deve ser feita junto ao Ministério do Trabalho até 31 de dezembro de 2017, com prazo máximo de permanência de 24 meses, respeitada a data de extinção do programa, agora prevista para dezembro de 2018. O tempo de adesão mínima é de 6 meses, podendo vir a ser prorrogado.

Uma das principais inovações é a prioridade às Micro Empresas e Empresas de Pequeno Porte (MPEs) na adesão ao Programa. A MP continua vedando a dispensa arbitrária ou sem justa causa na vigência do Programa e durante o equivalente a um terço desse período, bem como mantém a exigência de acordo coletivo de trabalho específico celebrado entre a empresa e o sindicato de trabalhadores representativo da categoria da atividade econômica preponderante da empresa.

José Accioly

DETRAN-PE abre lances para 457 veículos no 4º leilão de 2017

Resultado de imagem para veículos vão a leilão detran



Os interessados podem visitar hoje, até às 16h, o local do leilão para conhecer os veículos


O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina que o veículo removido, e não reclamado por seu proprietário dentro do prazo de sessenta dias, seja levado a leilão, a exemplo do que será promovido, no dia 31, pela Secretaria Estadual das Cidades (SECID), por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco - DETRAN-PE. É o quarto leilão realizado este ano e disponibilizará 457 veículos. São carros e motos pertencentes a dois grupos: os recuperáveis, que podem voltar a circular pelas ruas e os irrecuperáveis, também conhecidos como sucata.

O evento será a partir das 9h da manhã no pátio da empresa Coliseum, localizada em Vitória de Santo Antão, às margens da Rodovia Luiz Gonzaga, a BR 232. Quem quiser pode comparecer ao local para visitação prévia dos veículos hoje até às 16h e amanhã, antes do início do leilão.O Edital, contendo as informações gerais sobre o leilão, a exemplo das normas, documentação exigida e taxas de administração a serem pagas pelos arrematantes, pode ser acessado no site do DETRAN:www.detran.pe.gov.br.

O dinheiro arrecadado no leilão é usado para pagar as dívidas dos veículos apreendidos. Quitados os débitos, o resíduo restante – caso haja – volta para o proprietário anterior do veículo.

O Diretor Presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, orienta os interessados a levar um mecânico para avaliar o estado geral do veículo. “O arrematante deverá requerer e pagar pela expedição da 2º via do Certificado de Registro do Veículo (CRV). Cabe a ele também arcar com o valor dos serviços de Baixa do Gravame dentre outras taxas como a de Licenciamento, a de transferência do veículo e a taxa de Emplacamento”, salienta Ribeiro.

Serviço:
4º Leilão 2016 de veículos apreendidos pelo DETRAN-PE
Quando: 31 de março de 2017, às 9h da manhã.
Onde: sede da Coliseum Leilões, em Vitória de Santo Antão, Rodovia Luiz Gonzaga, BR-232-Km 41- Distrito Ind. Vitória Sto. Antão/PE.

Jô Lima

Terceirização é o descarte de direitos e desprezo pelo povo

Resultado de imagem para luciana santos pcdob
Portal Vermelho


A despeito da opinião do Ministério Público do Trabalho — que pediu veto integral ao projeto de terceirização aprovado pela Câmara dos Deputados sustentando que a proposta fragiliza os direitos dos trabalhadores —, e da opinião dos trabalhadores e trabalhadoras do nosso país; a expectativa é que o presidente Michel Temer sancione nos próximos dias o PL 4.302/1998 que libera a terceirização para todas as atividades de empresas privadas e do setor público. Não há surpresa nessa decisão de um governo ilegítimo e antipovo.
A pressão vinda de grupos como a FIESP - um dos patrocinadores do Golpe -, parece ter surtido efeito da pior forma possível. Debaixo do proselitismo neoliberal, o governo do ilegítimo Temer e seus aliados vai conseguindo impor uma agenda que precariza a já dura vida do trabalhador brasileiro. Ele fará de tudo para que o trabalhador - aquele que de fato, com seu suor, faz a economia das empresas e do país girar - pague a conta de uma crise econômica provocada pelo sistema financeiro internacional, e de uma crise política provocada pelos próprios golpistas.
Um estudo elaborado pela CUT afirma que os trabalhadores terceirizados trabalham 7,5% (3 horas) a mais que outros empregados, recebem 25% menos em salários. De acordo com estudo do Dieese, há maior rotatividade no mercado de trabalho nas atividades terceirizadas. Em 2014, o tempo médio dos contratos era de 34,1 meses (dois anos e 10 meses), enquanto nas atividades contratantes esse período era de 70,3 meses (cinco anos e 10 meses). A remuneração média nas atividades contratantes também é distinta. Em 2014 era de R$ 2.639 para atividades contratantes, enquanto nas terceirizadas esse valor ficava em R$ 2.021 (-23,4%).
Noam Chomsky, pensador estadunidense, em entrevista a TV Cultura em 1997, explicitou o que está por trás de medidas como essa. “Acho que o que se chama de neoliberalismo é um ataque aberto, não secreto à democracia. O objetivo é minimizar o Estado e, ao minimizá-lo, se maximiza uma outra coisa. O que se está se maximizando? A tirania particular. O Estado é a arena em que o público tem o papel, pelo menos, a princípio, de determinar a política e o setor privado não tem regras. Quanto mais a arena pública é minimizada e o poder particular é maximizado, menos democracia se tem. ”
Estamos diante de um momento grave da vida do nosso país. A agenda ultraliberal que está sendo implementada retira direitos, golpeia nossa democracia e destrói o legado dos últimos governos na construção de um país menos desigual. Votamos contra o PL da Terceirização. Estamos na luta contra as Reformas da Previdência e Trabalhista que visam penalizar ainda mais o nosso povo. É preciso frear esse pacote de maldades que vem junto ao PL da Terceirização, que pretende diminuir cada vez mais a arena pública, destruindo direitos já garantidos e que foram conquistados com suor e sangue nos últimos anos, mas isso só será possível com a mobilização popular, com o apoio do povo nas ruas dizendo não à retirada dos direitos e em defesa do nosso país e do nosso futuro.


Luciana Santos é presidenta nacional do PCdoB e deputada federal por Pernambuco  

Projeto iMOB - Carpina articula com vereadores sobre apresentação de requerimentos que versam sobre acessibilidade de portadores de necessidades especiais.

Resultado de imagem para projeto imob carpina



Projeto iMOB - Carpina,  retoma as atividades, neste momento, com a articulação com Vereadores do Município, para a apresentação de Requerimentos que versam sobre Acessibilidade e são de interesse da Coletividade e, principalmente de Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida e Idosos, conforme abaixo:

- Agendamento de uma AUDIÊNCIA PÚBLICA com o objetivo de Escutar a Comunidade e Discutir a Acessibilidade e Mobilidade Urbana de Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida no Município;
- REQUALIFICAÇÃO ARQUITETÔNICA da Câmara Municipal de Vereadores (a Casa do Povo) com o objetivo de garantir a Acessibilidade de Pessoas com Deficiência Motora, Visual e Auditiva.
- Formação de uma Comissão Permanente de Acessibilidade e Mobilidade Urbana para discutir a ATUALIZAÇÃO DO CÓDIGO DE OBRAS do Município, com o objetivo de sua adequação para eliminar as barreiras à Acessibilidade e Mobilidade Urbana de Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida no Município.

Estes Requerimentos têm como objetivo  "Promover a Discussão sobre Acessibilidade e Mobilidade Urbana no Município", com vistas a atender a Legislação em vigor e garantir Acessibilidade em Edificações Públicas e Privadas de Uso Público. Acessibilidade não é, apenas, para Pessoas Com Deficiência e Mobilidade Reduzida e Idosos, ela deve, por princípio, atender toda a DIVERSIDADE HUMANA

Vital Sousa

segunda-feira, 27 de março de 2017

E pode?- O queridinho das noivas, estilista Ronaldo Esper diz que NÃO É MAIS GAY.

Resultado de imagem para ronaldo esper vestidos de noiva
Foto: Noivas.net
Numa entrevista num programa de tv que foi ao ar ontem (26), o estilista Ronaldo Esper de 72 anos disse que não é mais gay e causou espanto não só na entrevistadora, como nos telespectadores. A declaração tem repercutido na mídia, mas ele explicou que apenas deixou de praticar o homossexualismo por força de vontade depois que se tornou um homem religioso. "Ninguém se cura disso"- afirmou ele.

Ele ainda pediu perdão pelo seu passado, e disse que não gostaria de ter um filho gay. Provavelmente se referindo a todas as dificuldades que um homossexual enfrenta, embora tenha afirmado na entrevista que nunca sofreu nenhum tipo de preconceito.

Quem não deve estar gostando do posicionamento do estilista é a comunidade LGBT que luta pelo direito de viver sua sexualidade. A apresentadora Sônia Abrão disse nesta segunda(27), que as declarações de Esper apontam um retrocesso.

Oposição aponta ação eleitoreira do governo e leva o Pernambuco de Verdade ao Sertão do Estado

O Governo do Estado, sem ter o que mostrar à população de Pernambuco, investiu em eventos de cunho eleitoreiro em agenda de três dias do “Pernambuco em Ação” no Interior do Estado. No roteiro do governo Paulo Câmara na última semana, estraram desde ordem de serviço para coberta de quadra escolar à inauguração de escola municipal, além de uma lista de inaugurações e revitalizações de praças e calçamento de ruas. No entanto, uma série de promessas para a região não saiu, efetivamente, do papel.

“Enquanto a população espera medidas efetivas no combate à violência, espera a reabertura de mais de 200 leitos fechados nos últimos anos, espera a retomada de obras inacabadas no Estado, o Governo vai ao interior fazer novas promessas e entregar ações pontuais”, criticou o deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

O parlamentar destaca que das obras prometidas pelo governador Paulo Câmara, na campanha de 2014, nada saiu do papel. “A população continua esperando os 20 Compaz prometidos por Paulo Câmara, assim como os quatro hospitais do Interior, a interiorização da Agência de Desenvolvimento do Estado, o gasoduto Belo Jardim-Arcoverde, o VLT da Avenida Norte, a tarifa única na Região Metropolitana do Recife, a conclusão da Navegabilidade do Capibaribe, a duplicação da BR-232 de São Caetano a Cruzeiro do Nordeste, a construção de 6 UPAEs no Grande Recife e Interior do Estado, além da universalização das escolas de tempo integral,  do Água para Todos e do programa Mãe Coruja e da ampliação dos programas Atitude e Ganhe o Mundo”, ressaltou.

Para denunciar a paralisa do Governo do Estado, a Bancada de Oposição coloca em ação, na próxima quinta-feira, a edição 2017 do Pernambuco de Verdade, visitando as mesmas cidades que receberam o governador na última semana. “Esse programa do Governo é muito mais a antecipação da eleição do próximo ano e muito menos ação do que o Governo anuncia. Nós da Bancada de Oposição vamos fazer o contraponto, mostrando o Pernambuco de Verdade, que é aquele das obras inacabadas, dos programas incompletos, da insegurança e do atendimento precário na saúde”, destacou o deputado Augusto César (PTB), que tem base na região visitada na última semana pelo governador.

“Vamos mostrar o Pernambuco do dia a dia das pessoas, que é bem diferente do que o Governo do Estado apresenta na televisão. Vamos mostrar, na prática, que Pernambuco está sem Ação, enquanto as principais conquistas da população estão ficando para trás”, reforçou Silvio.

Pedro Ivo Bernardes

Maracatu Rural Águia Formosa promove roda de diálogo “Brincando com os mestres – uma vivência com quem faz do brinquedo sua missão”



Atividade do “Projeto Azougue – Manutenção do Maracatu Rural Águia Formosa por 12 meses” acontecerá nesta quarta (29/03), às 15h, na Escola Dr. Walfredo Luiz Pessoa de Melo. Ação gratuita contará com tradução em Libras

O Maracatu Rural Águia Formosa, de Tracunhaém, na Zona da Mata da Norte de Pernambuco, encerrará as atividades da edição 2016 do “Projeto Azougue – Manutenção do Maracatu Rural Águia Formosa por 12 meses” nesta quarta-feira (29/03), às 15h. A última atividade será a roda de diálogo “Brincando com os mestres – uma vivência com quem faz do brinquedo sua missão”, que acontecerá na Escola de Referência em Ensino Médio Dr. Walfredo Luiz Pessoa de Melo (Tracunhaém). O objetivo é promover um intercâmbio entre os alunos da rede pública de ensino e os Mestres Griôs. O evento é gratuito, aberto ao público e contará com tradução na língua brasileira de sinais (Libras).

De forma a destacar a importância desses Mestres para a manutenção e perpetuação da cultura popular e sua importância histórica e artística para o território e o acervo imaterial do estado, a roda de diálogo contará com a participação dos Mestres Edmilson Cirandeiro (Maracatu Rural Águia Formosa), Barachinha (Maracatu Estrela Dourada de Buenos Aires/PE), Anderson (Cambinda Brasileira do Cumbe e Ciranda Raiz da Mata Norte) e Nice Teles (Maracatu de Baque Solto Estrela de Ouro e Cavalo Marinho Estrela Brilhante). A mediação ficará por conta do Mestre Maciel Salú, integrante do Maracatu Rural Águia Formosa.

Sobre o “Projeto Azougue – Manutenção do Maracatu Rural Águia Formosa por 12 meses” – A ação iniciada em 2016 conta com incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Governo do Estado de Pernambuco. Todas as atividades da iniciativa são realizadas pelo Maracatu Rural Águia Formosa, Grão – Comunicação e Cultura e Maciel Salú.

A proposta do “Projeto Azougue – Manutenção do Maracatu Rural Águia Formosa por 12 meses” é de oferecer gratuitamente atividades de interesse social voltados à preservação do patrimônio cultural pernambucano, de fortalecer sua atuação como célula e fortalecer os vínculos comunitários, além de promover um ambiente de intercâmbio entre a educação formal e os Mestres Griôs.

De 2016 até março de 2017, o “Projeto Azougue – Manutenção do Maracatu Rural Águia Formosa por 12 meses” promoveu duas sambadas de maracatu, três oficinas de formação e o Encontro de Mestres e Poetas da Mata Norte. Agora, a iniciativa encerra suas atividades propostas para ocorrerem durante um ano com roda de diálogo “Brincando com os mestres – uma vivência com quem faz do brinquedo sua missão”.

Sobre o Maracatu Rural Águia Formosa – O Maracatu Rural Águia Formosa foi fundado em 1999 pelo Mestre Edmilson Honório no município de Tracunhaém, Zona da Mata Norte de Pernambuco. Em 2002, foi incorporado como membro da Associação dos Maracatus de Baque Solto de Pernambuco. Hoje, com mais de 140 integrantes, o Águia Formosa tem o desafio de pensar e estruturar ações que se concentram não apenas no campo da cultura. Por sua missão ampla e voltada à promoção social, o Águia Formosa fez com que seu trabalho de formação com crianças, adolescentes e jovens em sua maior parte em situação de vulnerabilidade social ganhasse corpo e torna suas iniciativas mais abrangentes. Foi com este pensamento que o grupo ganhou forma, tomou nome e hoje é um dos grupos mais atuantes na sua cidade de origem.

Por sua força, foi convidado a participar do Festival Mundial das Artes Negras (Senegal, 2010), onde representou o Brasil e fez erguer-se a bandeira de Pernambuco. Além disso, segue com atividades durante todo o ano para a manutenção e difusão do Maracatu Rural. Durante o Carnaval, o Águia Formosa percorre todo o estado para mostrar a sua força e suas tradições.

Serviço:
“Projeto Azougue – Manutenção do Maracatu Rural Águia Formosa por 12 meses”

Evento: Roda de diálogo “Brincando com os mestres – uma vivência com quem faz do brinquedo sua missão”
Mestres: Edmilson Cirandeiro (Maracatu Rural Águia Formosa), Barachinha (Maracatu Estrela Dourada de Buenos Aires/PE), Anderson (Cambinda Brasileira do Cumbe e Ciranda Raiz da Mata Norte) e Nice Teles (Maracatu de Baque Solto Estrela de Ouro e Cavalo Marinho Estrela Brilhante)
Mediador: Maciel Salú (Maracatu Rural Águia Formosa)
Quando: quarta-feira (29/03), 15h
Local: Escola de Referência em Ensino Médio Dr. Walfredo Luiz Pessoa de Melo (Av. Severino Lopes de Albuquerque, s/nº, Bairro Novo, Tracunhaém|PE)
Entrada: gratuita
Tradução em Libras
Informações: (81) 99169-2021

Dulce Reis

Deputado do PSB diz que medidas fragilizam trabalhadores


Foto: Chico Ferreira


Ao analisar a Reforma Trabalhista, o deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE) afirma que a essência da pauta em tramitação no Congresso Nacional é a “retirada de direitos dos trabalhadores”.  O projeto de lei, apresentado pelo Governo Federal, flexibiliza a legislação trabalhista e traz mudanças, como a prevalência dos acordos entre empresas e empregados sob o legislado. Crítico ao texto, o parlamentar apresentou cinco emendas, visando aperfeiçoá-lo.  

“O momento atual é de preservar o trabalhador e não de fragilizá-lo. Vivemos um momento de crise, com um número alarmante de desempregados – mais de 12 milhões -, então, é hora de preservar os direitos da classe trabalhadora”, justifica Danilo Cabral.  O deputado destaca que é preciso evitar o que ocorreu com a votação da terceirização na semana passada. “A aprovação do projeto abriu a possibilidade para a precarização dos trabalhadores terceirizados”, comenta.

Em linhas gerais, as emendas dele tratam de proteger o regime de trabalho temporário; assegurar o legislado sob o acordado, ou seja, o que está previsto em lei continuar a ter preponderância sobre o que foi objeto de acordo em negociações trabalhistas. “E caso o negociado prevaleça, é preciso ter um rito para legitimar o que será objeto negociado”, acrescenta Danilo Cabral. Além disso, visam garantir a efetiva participação dos trabalhadores nos processos de negociação coletiva; preservar as relações de trabalho em jornada de tempo integral, bem como proteger os trabalhadores em regime de tempo parcial de carga horária abusiva.

Danilo Cabral lembra que as atuais leis trabalhistas existem com o objetivo de assegurar as condições mínimas de dignidade humana aos trabalhadores. O direito ao intervalo intrajornada respeitando o limite mínimo de uma hora, os limites de horas impostos sobre a jornada diária, as garantias sobre o direito a férias, e as demais garantias previstas pela Constituição e pela CLT, são, segundo ele, o mínimo exigido para assegurar o equilíbrio na relação entre o trabalhador e o empregador. “É inadmissível, sob qualquer hipótese, que qualquer proposta autorize a redução desses direitos”, afirma o deputado.

O Projeto de Lei Nº 6.787/16, chegou ao Congresso em dezembro de 2016, às vésperas do Natal, mas a Comissão Especial destinada a analisá-lo foi criada em fevereiro deste ano. Danilo Cabral é membro suplente desta Comissão. A matéria recebeu mais de 840 emendas, sendo cinco de deputado. Só outros dois pernambucanos – Marinaldo Rosendo (PSB), Augusto Coutinho (SD) e Fernando Monteiro (PP) – apresentaram emendas.

O relator da proposta, deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), promete apresentar o parecer antes do feriado da Páscoa, nos dias 12 ou 13 de abril. Ele avalia que a votação da matéria na Comissão Especial será no início de maio. Qualquer cidadão pode fazer sugestões ao relator da reforma trabalhista. O prazo para isso vai até o dia 30 de abril, através do portal da Câmara dos Deputados.


“Reforma não pode tirar direitos dos trabalhadores”, diz Armando no LIDE-PE

Foto: Divulgação

O senador Armando Monteiro (PTB) participou, nesta segunda-feira (27), de um seminário promovido pelo LIDE-PE, em que tratou de temas ligados à Reforma Trabalhista. O evento, presidido por Drayton Nejaim, contou com a presença do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que ministrou palestra sobre os desafios de uma nova legislação trabalhista no Brasil. Para Armando, o País precisa enfrentar uma agenda de reformas, de modo que possa gerar mais empregos e assegurar a retomada do econômico, mas sem retirar direitos dos trabalhadores.

Sobre o olhar da Reforma Trabalhista, Armando Monteiro defende que o Brasil precisa moldar as instituições para que o mercado de trabalho seja mais dinâmico, gere empregos e possa assegurar o crescimento econômico. “Mas tudo isso sem ferir os direitos dos trabalhadores. Isso é um ponto fundamental. Não se pode promover reformas para precarizar ou para subtrair direitos dos trabalhadores”, assinalou o parlamentar. 

O petebista afirmou que é preciso promover mudanças na legislação de modo a oferecer um marco jurídico e ambiente de maior flexibilidade, de forma que o Brasil possa ter um sistema mais dinâmico.

“No ambiente das relações do trabalho, todos reconhecem que o País precisa promover uma modernização das relações porque o mundo do trabalho mudou em função do impacto de novas tecnologias, das novas formas de trabalho, da especialização crescente, da fragmentação do trabalho. É evidente que temos que atualizar o marco legal. O que se constata é que a lei não tem mais a capacidade de poder se moldar às mudanças que ocorrem com grande velocidade no mundo do trabalho. Eu considero absolutamente necessário que o Brasil avance nessa agenda”, disse.

Armando Monteiro pontuou, por fim, que o Congresso Nacional terá um papel fundamental nessa agenda de reformas, de modo a aperfeiçoar as propostas e promover um debate amplo.


Audiência pública vai discutir lei que garante aos artistas de Carpina percentual de 20% do valor dos investimentos das festividades.


“Se as leis existem para a sociedade, precisamos sentir seus efeitos”.

A comissão de cultura e turismo de assunto social, (CCT) organização de interesse ao fomento a cultura e o turismo da cidade de Carpina, convida a todos os artistas da terra, e a sociedade, para participar da audiência pública que acontecerá dia 06 de abril, (Quinta-feira) na câmara de vereadores ás 19h00min.

O assunto proposto para o encontro será à lei municipal 1.510 que desde 04 de junho de 2013, garante aos artistas de Carpina um percentual mínimo de 20% do valor total dos investimentos de cada festividade promovida pelo município, para contratação dos artistas da terra. 

Ano passado os artistas da cidade ganharam mais um mecanismo a seu favor na luta pelo cumprimento desta lei, foi sancionada pelo governo do estado a lei estadual 15.828/2016 que determina a instalação de placa de 6 metros quadrado no local do evento para explicar e detalhar os custos do governo estadual, prefeituras ou qualquer agente ou gestor público.

Esperamos a presença da sociedade, dos artistas, vereadores, coordenadoria de cultura, o gestor da cidade, e a imprensa para um dialogo democrático.

Vereadores participam de Congreso da UVP em Bonito


Os parlamentares de Carpina participaram do Congresso Estadual de Vereadores e Servidores de Câmaras Municipais, desta vez em Bonito, no Agreste do Estado. O evento, promovido pela UVP (União dos Vereadores de Pernambuco), desenvolveu sua programação no período de 23 a 26 de março.
O evento destacou diversos painéis que abordaram economia , Interiorização do Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Orçamento, o papel  dos conselhos municipais e sua importância, entre outros temas relevantes.
De acordo com presidente da Câmara, Bila, “os congressos e encontros são importantes para a atualização dos conhecimentos dos vereadores e a capacitação dos mesmos e também dos servidores, aqui nós também trocamos informações e experiências”, afirmou.
Durante o congresso também foi realizada a eleição do presidente da União dos Vereadores para o próximo biênio, sendo reeleito o atual presidente Josinaldo Barbosa. 16 dos 17 vereadores de Carpina marcaram presença no evento

André de Paula defende fim do foro especial

Foto: Cláudio Araújo


O Projeto de Emenda à Constituição nº 10/2013, que acaba com o foro especial por prerrogativa de função nos casos de crimes comuns, começou a tramitar no Senado na última quarta-feira, 22, e tem sido amplamente discutido. O deputado federal André de Paula se posicionou a favor da PEC, acreditando ser esse um anseio da sociedade que merece ser acolhido e considerando que o fundamento basilar de uma República é o princípio da igualdade.

“Se o presidente dos EUA pode ser julgado por juízes de primeira instância, ou melhor, pelo júri, por populares, por que as autoridades brasileiras não podem ser julgadas pelo juiz que julga qualquer outro cidadão deste país?”, questiona o deputado. “Se um juiz não serve para julgar uma autoridade, também não serve para julgar qualquer outra pessoa”, acrescenta.

André de Paula destaca que se faz necessário acabar com o pensamento de que as autoridades precisam de um juiz melhor do que o competente para julgar os demais brasileiros, e justifica que o presidente da República e os congressistas já contam com imunidades formais que são suficientes para proteger o exercício responsável de suas funções.

“Com efeito, o presidente da República não pode ser preso enquanto não for destituído e só pode ser processado com autorização da Câmara dos Deputados. Já os parlamentares, que são invioláveis por seus votos e opiniões, não podem ser presos enquanto não forem definitivamente julgados, e a Casa a que pertencem pode, inclusive, sustar o processo em caso de abuso judiciário”, diz André.

Nesse contexto, a prerrogativa de foro, de acordo com o deputado, torna-se desnecessária, um privilégio que não se integra com o estágio atual do amadurecimento de nossas instituições, muito menos com o anseio nacional por igualdade e responsabilidade.

“Se há risco de que os juízes de primeira instância cometam abusos, vamos reforçar as garantias processuais e os meios de responsabilização judiciária, não só para as autoridades, mas para todos os brasileiros”, ressalta André de Paula

O Foro

Foro privilegiado é um direito adquirido por algumas autoridades públicas, de acordo com o ordenamento jurídico brasileiro, garantindo que possam ter um julgamento especial e particular quando são alvos de processos penais.

Formalmente chamado de ‘Foro por prerrogativa de função’, o foro privilegiado é atribuído aos indivíduos que ocupam cargos de alta responsabilidade pública, a exemplo do presidente da República, vice-presidente, procurador-geral da República, ministros e membros do Congresso Nacional.

Conforme consta na Constituição Brasileira de 1988, a investigação e o julgamento das infrações penais das autoridades com foro privilegiado passa a ser competência do Supremo Tribunal Federal – STF. Normalmente, entre os indivíduos sem foro privilegiado, as ações penais costumam tramitar nos juízos de primeira instância.

Alessandra Cavalcanti

Armando celebra vitória de Josinaldo Barbosa na eleição da UVP

O senador Armando Monteiro (PTB) comemorou a expressiva vitória conquistada pelo vereador e presidente da Câmara de Timbaúba, Josinaldo Barbosa (PTB) na eleição da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP). O petebista foi reeleito neste sábado (25) para mais dois anos de mandato à frente da presidência da UVP. Em pleito realizado durante o Congresso de Vereadores e Servidores de Câmaras, que ocorre no município de Bonito, Josinaldo obteve 601 votos, conseguindo uma diferença de mais de 300 votos a mais em relação ao segundo colocado na disputa, o vereador de São Bento do Una, André Valença (PSB).

"A vitória de Josinaldo Barbosa é um reconhecimento à sua liderança, que se consolidou ao longo de seu mandato na presidência da UVP. Essa larga conquista, que reuniu toda a base da representação municipal, dá mostras da capacidade de Josinaldo de articulação", destacou Armando Monteiro.

O líder petebista afirmou ainda que o feito conquistado por Josinaldo representa uma vitória do vereador, da UVP e do PTB. "Essa é uma vitória expressiva para Josinaldo, para a UVP e para o PTB. Josinaldo é uma liderança valorosa e o PTB se honra em tê-lo em nossos quadros", completou o senador.

José Accioly

Governador Paulo Câmara vai inaugurar monumentos em Nova Jerusalém



O governador Paulo Câmara vai inaugurar dois grandes monumentos em homenagem aos produtores culturais Plínio e Diva Pacheco, que dedicaram grande parte de suas vidas ao projeto que deu origem à Nova Jerusalém, maior teatro ao ar livre do mundo, localizado no município pernambucano do Brejo da Madre de Deus, onde todos os anos é realizado o mega espetáculo da Paixão de Cristo, que já atraiu cerca de 3,8 milhões de pessoas de todos os estados do Brasil e do exterior. As esculturas trazem Plínio ao lado do Jipe utilizado no transporte das pedras para a construção da Nova Jerusalém e Diva, que também atuava como atriz, interpretando o papel de Maria em uma cena semelhante à Pietà, de Michelangelo.

A inauguração, que faz parte das comemorações dos 50 anos do espetáculo, acontecerá às 17h no próximo 7 de abril, dia da pré-estreia da temporada 2017, que vai de 8 a 15 de abril. Na ocasião também serão entregues medalhas comemorativas do Jubileu dos 50 anos a pessoas que deram importantes contribuições para o sucesso alcançado pela Paixão de Cristo ao longo de sua história. A solenidade contará com a presença de autoridades, convidados, jornalistas e blogueiros que, após o descerramento das estátuas, assistirão ao espetáculo.

Para o espetáculo de 2017, a Sociedade Teatral de Fazenda Nova introduziu novas cenas grandiosas, renovou figurinos e apresentará um elenco de artistas convidados com nomes de destaque no cenário nacional: Rômulo Arantes Neto (Jesus), Letícia Birkheuer (Maria), Joaquim Lopes (Pilatos), Aline Riscado (Herodíades), Adriana Birolli (Madalena), Raphael Vianna (Herodes) e Jesus Luz (Apóstolo João).

Os ingressos para este ano podem ser adquiridos em agências de viagens ou por meio do site oficial (www.novajerusalem.com.br). As entradas para o espetáculo custam de R$ 100,00 a R$ 140,00, dependendo do dia, com meia-entrada para estudantes, professores de Pernambuco e público de até 14 anos. Nas compras feitas pelo site, o valor do ingresso poderá ser parcelado em até 12 vezes nos cartões de crédito.


Mauro Gomes

sexta-feira, 24 de março de 2017

Filha e neto da Secretária Marta Guerra no encarte da revista Natura deste mês.


Anna Guerra, satisfeita com o resultado do trabalho para a revista, disse que o mais importante do destaque, foi o incentivo a adoção.

 A revista de cosméticos Natura deste mês, que começou a circular há poucos dias, trás o especial de dia das mães, e no encarte, a artista plástica Anna Guerra e seu filho Matheus, filha e neto da ex-vice prefeita de Carpina e hoje secretária de ação social da cidade, Marta Guerra, e de seu esposo Joaquim Guerra..
A revista na página 32 conta um pequeno resumo da história de mãe e filho.







Toureiro que levou chifrada no reto passa por cirurgia de reconstrução


O chifre do animal penetrou 20 centímetros.

Cidade do México – Um toureiro que sofreu uma chifrada muito grave, no último domingo, na Plaza México, na Cidade do México, precisou passar por cirurgia de reconstrução do reto.
Antonio Romero, conhecido como “El matador azteca”, recebeu uma chifrada violenta do animal no meio das nádegas. “A chifrada é muito grave e séria, uma lesão severa, na região ano-retal”, comentou o médico ao jornal Debate. De acordo com a ABC, antes de ser golpeado pelo animal, o toureiro era considerado a melhor apresentação da noite.
Após o trauma, o toureiro precisou ser transferido para o hospital da capital mexicana. Ele precisou ser submetido a uma cirurgia de reconstrução do reto e passou por uma colostomia. O chifre do animal penetrou 20 centímetros. Apesar de não haver risco de vida, o estado de Romero inspira cuidados.
O Dia

Brasil se assusta com carne que chega à mesa, mas fecha os olhos para forma do abate


Operação Carne Fraca da Polícia Federal expõe qualidade da carne, mas ainda falta questionar como o animal chega à mesa

Enquanto a operação Carne Fraca assusta os brasileiros sobre a péssima qualidade da carne que chega a sua mesa, alguém questiona a forma como os animais são abatidos neste processo? Em geral, se a criação e o abate seguem ou não a Lei de Proteção Animal e se o gado sofre ou não maus-tratos não são preocupações que costumam passar pela cabeça dos consumidores.

No entanto, quando o tema é o abate de animais em rituais religiosos, as reclamações chegam até o Supremo Tribunal Federal. É na Corte que, sob a proteção de um crucifixo no plenário, os ministros vão decidir se o uso de animais em ritos de matriz africana viola a Constituição, que em seu artigo 225 coíbe a crueldade contra animais. Como a Carta também garante o livre exercício de cultos religiosos, a discussão reacende o debate sobrecerceamento de uma religião por parte do Estado.

“O que eu diria é que a opinião pública jamais associa o abate comercial a maus-tratos e a intolerância faz com que se associe o abate religioso ao sacrifício. Para acabar com o abate religioso, teria que acabar com qualquer tipo de abate”, comenta Hédio Silva Jr., jurista que participou de uma comitiva composta por representantes das religiões de matriz africana que levou ao ministro Marco Aurélio Mello – relator da ação – um parecer técnico para auxiliar no julgamento do caso.

O método utilizado no abate religioso é o da degola, catalogada pelo Ministério da Agricultura como método humanitário. De acordo com a Lei de Proteção Animal, não dar morte rápida, livre de sofrimento prolongado do animal cuja a morte é necessária para consumo ou não é o que caracteriza o mau-trato.

“No abate religioso, o animal não sofre maus-tratos. Nós sacralizamos o animal, e depois ele é consumido como alimento. A gente não faz sacrifício, quem sacrifica é a Friboi”, afirma o babalorixá Ivanir de Santos, que é interlocutor da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa. O abate faz parte  de um preceito litúrgico do candomblé e de alguns segmentos da umbanda, que consomem parte da carne como alimento .

Ainda sem data para julgamento, a ação no STF diz respeito a uma ação direta de inconstitucionalidade apresentada pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul. O texto pede a anulação de uma lei estadual que exime as religiões de matriz africana de processos por maus-tratos a animais e da proibição do sacrifício animal religioso.

A decisão, se entender que a lei gaúcha é inconstitucional, vai ferir o artigo Vda Constituição Federal, que garante a liberdade de crença e das cultos religiosos. Ela seria um retrocesso, um retorno ao tempo em que as religiões chamadas espíritas no Brasil – incluindo o Kardecismo – tinham seus cultos interrompidos pela polícia. Ou ainda, indo um pouco mais atrás, quando os escravos eram proibidos de cultuar seus orixás.

Em 1993, uma discussão semelhante chegou à Suprema Corte norte-americana. O abate religioso na Santeria (religião levada ao país por cubanos) tinha sido proibido na Flórida. Por lá, prevaleceu a Constituição e a tolerância religiosa.
Com a benção do agronegócio

Assim como as religiões de matriz africana, muçulmanos e judeus, naalimentação kosher (judaica) e halal (islâmica), seguem rituais de abate. A diferença é que, por aqui, quando se trata das outras duas religiões, a questão é vista com bons olhos e passa longe do STF.

Setores do agronegócio brasileiro até mesmo se especializaram no abate religioso para garantir o mercado de exportação para os países que seguem essas religiões. A Friboi é a maior exportadora de carne halal do país – os animais são abatidos por degola, com dizeres do alcorão e voltados para Meca. A BR Foods já tem 25% da sua produção voltada para o mercado islâmico – mesmo com denúncias de que a degola não é feita dentro dos preceitos da religião. Ambas são alvos da operação Carne Fraca.

Do mesmo lado, na bancada ruralista do Congresso, com a justificativa de proteger os rebanhos do agronegócio, o deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC) apresentou o projeto de lei 6268/16, que libera a caça de animais silvestres. O texto permite o abate de animais exóticos que possam ameaçar plantações ou o gado, além de prever a criação de reservas privadas para a prática de caça desportiva.

Também por pressão da bancada ruralista, mesmo após decisão desfavorável do STF, a PEC da Vaquejada foi aprovada e a prática passou a ser considerada patrimônio imaterial do Brasil. A emenda ainda pode ganhar um adendo que visa liberar a rinha de galo.

“Não há paralelo possível entre a vaquejada, onde o animal fica confinado e tem seu saco escrotal amarrado, com o abate religioso, onde não existe sofrimento. E na rinha de galo muito vezes o galo perdedor vem a falecer. Nestes casos não há dúvidas de maus-tratos”, afirma Hédio Silva Jr.

Ao que parece o conceito de maus-tratos é relativo. O Brasil estaria mesmo preocupado com os animais nos ritos de matriz africana?

FONTE: brasildefato
Através de O Grito do Bicho

Chefs pernambucanos travam batalhas gastronômicas no Master Scotch





Embaixadores da Chivas Brothers se unem a nomes da gastronomia  em disputa de sabores

Pensando nas variadas possibilidades de misturar gastronomia e etílicos, os embaixadores da Chivas Brothers, Paula Limongi e Tiago Olim se juntaram para criar o Master Scotch, uma batalha de Chefs que serão convocados a fundir estilos, sabores e whisky. O evento acontece de 28 a 30 de março com os Chefs Leandro Ricardo, Leonardo Macedo, Rafael Vasconcellos, Anna Corinna, Armando Pugliesi e Karyna Maranhão. Eles se organizarão em duplas no Espaço Gourmet da Camicado, do Shopping Riomar, para apresentar criações inusitadas com mistura de sabores e ainda concorrer ao primeiro lugar do Master Scotch.

De acordo com Tiago Olim, a ideia é fomentar a cultura do scotch whisky no Recife, que é a cidade que tem a maior taxa de consumo per capita do mundo, os dados são da consultoria Nielsen, de 2012. “ O recifense ama whisky, mas, muitas vezes não sabe do que é feito e quais as possibilidades de consumo, por isso, pensamos em criar uma plataforma entre o scotch whisky e a gastronomia para oferecer uma experiência genuína”, acrescenta. Quem quiser assistir e saborear o resultado da disputa pode se inscrever gratuitamente pelo telefone (81) 3322-8652. São 20 vagas, sujeitas a lotação. Ao final, será disponibilizado amostra do prato e das bebidas. O evento foi pensado para maiores de 18 anos, interessados em gastronomia e whisky.

SERVIÇO:
Local: Espaço Gourmet da Camicado do Shopping Riomar
Data: 28, 29 e 30 de março
Hora: 19h
Inscrições gratuitas e sujeitas a lotação: (81) 3322-8652

Senado ratifica maior acordo bilateral do Brasil negociado por Armando Monteiro

Foto: Ana Luisa Souza/Divulgação

A maior abertura dos mercados de automóveis e da construção civil para empresas brasileiras é um dos efeitos positivos do maior acordo bilateral já firmado pelo Brasil,  de Ampliação Econômico Comercial  com o Peru, ratificado hoje (quinta, 23) pelo plenário do Senado. O acordo foi fechado pelo senador Armando Monteiro (PTB) em abril de 2016, quando era ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.
 
Relator no plenário do decreto legislativo que aprovou o protocolo, Armando ressaltou que o acordo estabelece “a liberalização de serviços, a abertura dos mercados de compras públicas e aprimora o ambiente para os investimentos entre os dois países”. Previu que a corrente do comércio bilateral, da ordem de US$ 3 bilhões anuais, será ampliada no curto prazo.  
 
O acordo Brasil-Peru estabelece, em resumo:

  • acesso das empresas brasileiras às licitações do governo peruano, um mercado superior a US$ 13 bilhões anuais. O acordo de compras públicas, até então inédito, o primeiro assinado pelo Brasil, elimina, para as nossas empresas, a exigência de depósito prévio nos bancos peruanos de 5% do valor dos contratos, tornando-as mais competitivas;
  • antecipação da tarifa zero para as compras peruanas de automóveis brasileiros, prevista originalmente para 2019. Com esta desgravação tarifária, a indústria automobilística, que atualmente vende no Peru menos de cinco mil automóveis por ano, o que equivale somente a 3% do mercado local,  ampliará sua participação num setor que demanda 160 mil novos veículos leves anuais, hoje dominado por empresas asiáticas;
  • acordo no setor de serviços aumentará a participação de empresas brasileiras nos segmentos de comunicação e tecnologia da informação (TI), turismo, transporte, engenharia, arquitetura, entretenimento;
  • facilitação de investimentos, com garantias de não discriminação e criação de mecanismos de prevenção de controvérsias e de arbitragem, ampliando as oportunidades para investimentos brasileiros no Peru e vice-versa. 

José Accioly

Silvio propõe reunião entre Governo e prefeitos do Agreste para discutir saídas para alta da violência

Fotos: Arthur Marrocos


O deputado Silvio Costa Filho (PRB) apresentou, na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta quarta-feira (22), que o Governo do Estado realize um encontro com os prefeitos dos municípios do Agreste para discutir o aumento da criminalidade na região. Segundo dados da SDS, entre 2014 e 2016 houve um crescimento de 64% nos números de homicídios só em Caruaru, além de uma alta de 103% nos crimes contra o patrimônio na cidade no mesmo período.

 “O 4º Batalhão da Polícia Militar, que atende 14 municípios além de Caruaru, está se mostrando insuficiente para combater o crescimento da violência na região. A instalação de mais um batalhão até o fim do ano é importante, mas não dá pra ficar comemorando um anúncio como esse enquanto o número de assassinatos já cresceu 24% só nos dois primeiros meses deste ano e fechou 2016 com 64 mortes por 100 mil habitantes, seis vezes mais que o índice considerado aceitável pela ONU”, destacou.

O parlamentar comparou a extensão das Áreas Integradas de Segurança (AIS) 14, de Caruaru, e AIS 6, de  Jaboatão dos Guararapes. “A AIS de Caruaru é quase 9 vezes maior que a de Jaboatão e, mesmo assim, a região de Caruaru é atendida por apenas um batalhão, enquanto Jaboatão ganhou, desde janeiro deste ano, mais um batalhão (25º BPM), sendo a única AIS com dois batalhões no Estado.

Silvio ressaltou ainda algumas ações implantadas pela prefeita Raquel Lyra, como a criação da Secretaria de Ordem Pública; a elaboração do Plano Municipal de Segurança e a implantação, em curso, do Comitê Permanente Municipal de Segurança Pública. “A Prefeitura de Caruru tem adotado medidas para combater a criminalidade, mas o Governo do Estado precisa também fazer a sua parte, começando com um debate franco com os prefeitos da região e com toda a sociedade do Agreste de Pernambuco sobre o tema”, defendeu.

“O que temos visto, infelizmente, é o crescimento da violência ano a ano enquanto o Governo mostra completa incapacidade de reação. Por isso, o que estamos propondo é que o governador possa reunir os prefeitos da região para discutir ações conjuntas de combate à criminalidade, pois entendemos que o envolvimento de toda a sociedade é fundamental para reduzir os índices de criminalidade”, reforçou.

Pedro Ivo Bernardes

Pernambuco e Azul apresentam números da campanha “Pernambuco é Azul”



Recife, Porto de Galinhas e Fernando de Noronha foram os destinos participantes. Todos apresentaram um crescimento além da meta no número de vendas

Recife, 23 de março de 2017 - O Governo do Estado, através da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio da Empetur em parceria com a Azul Viagens, realizou, entre os meses de julho de 2016 e janeiro de 2017, a campanha “Pernambuco é Azul”, com o objetivo de fomentar as vendas e aumentar o fluxo de turistas no estado. A apresentação dos números da ação de incentivo foi realizada pelo presidente da Empetur, Adailton Feitosa, e pelo Diretor de Alianças e Azul Viagens, Marcelo Bento, na noite da última quarta-feira (22). Na ocasião, foi realizada a entrega das premiações aos 20 agentes de viagens que mais “venderam” Pernambuco, no Catamaran Tours, no Recife.
A “Campanha Pernambuco é Azul” teve como objetivo de fomentar o turismo do Estado, através de vendas e premiações com agentes de viagens; melhorar os resultados de vendas do destino, tanto na baixa, quanto na alta temporada; e divulgar junto aos profissionais e público final, a grande diversidade de equipamentos e destinos turísticos Pernambuco tem a oferecer.
Ao fim da ação de incentivo, todos os resultados superaram as expectativas com base nos dados de 2015. Ao todo, houve um crescimento 53,2% no número de venda. O destino destaque foi o Recife que teve um aumento de 84,3%, seguido de Porto de Galinhas com 60,5% e Fernando de Noronha 18,3%.
 “As ações de incentivo e a promoção de capacitações para os agentes de viagens são de suma importância para o crescimento de visitantes em um destino, seja na baixa ou na alta temporada, já que Pernambuco tem um calendário de atrações durante o ano todo. A “Pernambuco é Azul” mostrou por meio de números a necessidade de se promover mais ações como essa”, comenta o presidente, Adailton Feitosa.
Para o evento no Recife, vieram agentes de viagens de diversas cidades do Brasil. Além dos prêmios, eles estão participando de um famtour no Recife, Olinda e Porto de Galinhas. Os 10 melhores foram premiados com celulares, computadores, tablets, além de uma moto e um carro, para o segundo e primeiro lugar, respectivamente.
"O grupo Azul vêm sendo um grande parceiro do Recife. Em 2016, a companhia aérea escolheu a cidade como hub de conexões do Nordeste e no mesmo ano, agora com a Azul Viagens, fechamos a parceria que celebramos hoje. A campanha contribuiu - inclusive além da expectativa - para o incremento no fluxo de turistas no Recife e em Pernambuco, além de ter capacitado e sensibilizado agentes de viagens de várias partes do País", destaca a secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife, Ana Paula Vilaça.
Durante o período do projeto foram realizadas capacitações em oito cidades (Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Campinas, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte e Uberlândia). No total, foram 620 agentes de viagens capacitados com informações sobre o os atrativos pernambucanos, o que contribuiu de forma decisiva para a comercialização do destino.
"Nós da Azul estamos muito satisfeitos com essa campanha. Uma ação conjunta que representou um ótimo crescimento de vendas para Pernambuco. Com isso, já vamos iniciar a reedição da campanha para o segundo semestre de 2017", comenta o Diretor de Alianças e Azul Viagens, Marcelo Bento.

A ação contou com a parceria da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife, Prefeitura do Ipojuca, Associações de Hotéis de Porto de Galinhas (AHPG), Associação Brasileira da Industria de Hotéis (ABIH-PE), Porto de Galinhas ConventionVisitors Bureau e Recife ConventionVisitors Bureau. 

ISABELA PONTES





Doação de Órgãos e Tecidos como assunto de sala de aula na Rede de Ensino de Pernambuco.



Proposta é do Deputado Estadual Augusto Cesar - PTB, através do projeto de Lei nº 1270/2017,
que determina a inclusão do tema transversal "Doação de Órgãos e Tecidos" do 6º ao 9º ano do Ensino Médio.

O Deputado Augusto César, que também é Professor e Biomédico, entende que só com a inclusão do assunto no conteúdo da disciplina de ciências biológicas, disseminará o ato da doação de órgãos e tecidos que é uma atitude cidadã e de solidariedade, popularizando o conhecimento entre os jovens e derrubando preconceitos e tabus que o tema ainda enfrenta na sociedade. 

Pernambuco já conseguiu realizar mais 18 mil transplantes desde a fundação da Central de Transplantes em 1995. E é um dos Estados da federação que mais realiza esse tipo de cirurgia, reconhecido pelo Ministério da Saúde como exemplo a ser seguido. No entanto, a fila a espera de órgãos e tecidos é muito extensa, milhares de pessoas de todas as idades esperam por doações desses órgãos para conseguirem viver ter uma vida normal.

O projeto já foi distribuído para as Comissões Temáticas da Alepe, e, se aprovado, será uma Lei importante para estimular a doação de órgãos e tecidos em Pernambuco, e reduzirá a longa espera de milhares de pacientes.