segunda-feira, 6 de março de 2017

Cadela que nunca teve filhotes adota gato e começa a produzir leite


O Grito do Bicho O Grito do Bicho Author
Title: Cadela que nunca teve filhotes adota gato e começa a produzir leite
Author: O Grito do Bicho
Rating 5 of 5 Des:
A gente conhece inúmeros casos, né? mas, é sempre bom repercutir estas maravilhas entres animais....

Gabi tem cinco anos e conheceu Zezé nos últimos dias em Palmas.
Dona achou que fossem se estranhar, mas foi amor à primeira vista.

Gabi é uma cadelinha de seis anos da raça Lhasa que nunca teve filhotes. Nos últimos dias ela ganhou um amigo, o gato Zezé. E ao contrário do que a dona dela pensou, os dois não criaram confusão.


A cachorra adotou o felino e até começou a produzir leite para amamentar o filhote. Essa história aconteceu em Palmas depois que a filha de Melissa Barreira de Vasconcelos resolveu que queria um gatinho. A enfermeira achou que Gabi e Zezé, nomes dados em homenagem a cantores, fossem se estranhar, mas foi amor à primeira vista.

"Nunca tinha visto isso com raças tão distintas. A gente sempre pensa que cão e gato não vão se adaptar, que vão brigar. Fiquei bem preocupada, a gente chegou com ele, mostrou, deixou ela cheirar. E foi uma surpresa porque logo no primeiro dia ela já adotou o gatinho e não desgrudou mais", contou.


Esse não é o primeiro caso curioso de animais da família Vasconcelos. Há alguns anos, a cadela de Licius Barreira, irmão de Melissa, também fez uma adoção. Porém não foi de um filhote, e sim de um gatinho de plástico que ganhou como brinquedo.

A cadela dele tinha sete anos e também nunca tinha cruzado. "Ela tratava como um filhote mesmo, colocava na cama e dormia junto. Brigava e rosnava quando a gente chegava perto ou tentava tirar. A gente começou a perceber os peitos dela inchados e vimos que ela estava produzindo leite", lembrou.

Para os irmãos, a atitude dos bichos é um exemplo para os seres humanos. "Em tempos de tanta violência entre os homens os animais nos ensinam o amor ao próximo né?", comentou a enfermeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário