sexta-feira, 17 de março de 2017

Feriados prolongados estimulam o turismo em 2017



Com os dias de folga, setor injetará R$ 21 bilhões a mais na economia do País

O ano de 2017 será de oportunidades para quem gosta de viajar. Muitos feriados nacionais cairão em dias úteis como segunda, quinta e sexta-feira, além dos feriados estaduais e municipais que ajudarão a estender as folgas. A Associação Brasileira das Agências de Viagem (Abav) estima que a demanda por viagens de lazer em 2017 deverá crescer entre 8% e 14%.

Pesquisa realizada no mês de janeiro pelo Ministério do Turismo, em sete capitais, comprova as estimativas de crescimento do número de viagens no verão e nos feriados prolongados. A intenção do brasileiro de viajar nos próximos seis meses cresceu de 19% para 23%, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Para o turismo, esses números são muito positivos. Na projeção feita pelo Ministério do Turismo é possível constatar que as viagens nos fins de semana, prorrogados por feriados, irão injetar R$ 21 bilhões a mais na economia do País. O levantamento considerou um acréscimo de 22 dias de folga, quando R$ 10,5 milhões de viagens deverão ser realizadas.

As empresas do segmento já começaram a sentir o impacto dos feriadões com o aumento na procura por pacotes de viagens. É o caso dos resorts Enotel Convention & Spa e Enotel Acqua Club Porto de Galinhas que no início do ano já haviam alcançado 100% de ocupação para o Carnaval. Já os resorts Salinas Maragogi All Inclusive Resort e Salinas Maceió All Inclusive Resort, em Alagoas, seguem o mesmo fluxo, com taxa de ocupação na faixa de 90% para o feriado da Páscoa.



Em 2017, os feriados nacionais caem nos seguintes dias: Carnaval (28 de fevereiro – terça-feira); Paixão de Cristo (14 de abril – sexta-feira); Tiradentes (21 de abril – sexta-feira); Dia do Trabalho (1º de maio – segunda-feira); Corpus Christi (15 de junho – quinta-feira); Independência do Brasil (7 de setembro – quinta-feira); Dia de Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro – quinta-feira); Finados (2 de novembro – quinta-feira); Proclamação da República (15 de novembro – quarta-feira); e Natal (25 de dezembro – segunda-feira). De acordo com o estudo do Ministério do Turismo, o feriado que deve gerar o maior impacto é o Dia de Nossa Senhora Aparecida, quando 1,94 milhão de viagens movimentarão R$ 3,9 bilhões na economia.

Adnna Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário